A importância das relações interpessoais nas organizações
A importância das relações interpessoais nas organizações

A importância das relações interpessoais nas organizações

"Ao lidar com pessoas, lembre-se de que você não está lidando com seres lógicos, e sim com seres emocionais." (Dale Carnegie)

O valor intrínseco de uma organização reside principalmente em seus ativos intangíveis. Aqueles ativos que não se vê, mas que constituem a verdadeira riqueza da organização e proporcionam a base fundamental e dinâmica que a leva diretamente ao sucesso. Tais ativos, na sua maioria são dependentes daquilo que denominamos Capital Humano.

Já há algum tempo que o valor do capital humano é reconhecido pelas organizações. O próprio RH passou a desenvolver um papel bem mais amplo e complexo, agregando às rotinas trabalhistas a Gestão de Pessoas, ou seja, muito mais que cuidar de registros, ponto, folha de pagamento e outras rotinas, as organizações compreenderam que o cuidado com as pessoas e o seu bem estar, capacitação e treinamento são essenciais para o alcance dos seus objetivos.

A partir dessa nova perspectiva de olhar, pôde-se detectar o quão importante é que uma instituição preocupe-se com as relações interpessoais entre seus colaboradores.

Se falamos de pessoas, falamos de complexidade. Pessoas são feitas de sentimentos, emoções, sofrem influencias ... e se são instáveis e estão em constantes transformação, crescimentos, reações, logo podemos intuir que as relações entre elas são sempre delicadas e sujeitas a conflitos.

O relacionamento humano se dá através de relações interpessoais que surgem naturalmente quando as pessoas começam a buscar entendimento para os seus sentimentos, seus conflitos internos, enfim, quando iniciam a busca pelo autoconhecimento. Tal busca leva a modificação do ambiente de trabalho, solução de conflitos e enfrentamento dos problemas do dia-a-dia tanto no ambiente organizacional quanto familiar. Na maioria das vezes esse start leva ao crescimento e amadurecimento do indivíduo.

O processo das relações interpessoais é fundamental no desenvolvimento profissional, atualmente as empresas de recrutamento e seleção fazem testes específicos para determinar se o candidato tem capacidade de relacionar-se consigo mesmo através de um processo de autoconhecimento e de manter relações saudáveis com seus colegas de trabalho..

Muitos são os “ruídos” que podem interferir nas relações Interpessoais, o processo de comunicação por exemplo, é um ponto fundamental, dentro de um grupo ou equipe de trabalho onde é necessário que haja comunicação. Indivíduos muito fechados e introvertidos sentem uma grande dificuldade durante a execução de tarefas e estão mais propícios ao erro por não se comunicarem adequadamente com seus colegas trocando informações que auxiliam na eficiência de todo o processo.

Estudos realizados pelo M.I.T. (Instituto de Tecnologia de Massachussets) relatam a importância das relações interpessoais para a qualidade de vida pessoal e profissional, o indivíduo que conhece bem seus sentimentos e emoções consegue se expressar melhor e manter uma rede de relacionamentos relacionada a sua área de atuação e gostos pessoais.

A ética é outra questão fundamental no processo dos relacionamentos interpessoais. Saber impor limites e respeitar o próximo, principalmente em atividades como dinâmicas de grupo e o trabalho em equipe.

Daí, a importância de se estudar e conhecer os conceitos e definições de relações interpessoais para melhor produtividade de grupos e equipes de trabalho.

ExibirMinimizar
Digital