A importância da gestão de pessoas nas organizações

A valorização do capital humano esta se tornando uma tendência corporativa. A importância dada ao setor ligado à tecnologia foi se direcionando também para a área de Gestão de Pessoas, a qual lida com os aspectos relacionados aos colaboradores e seus papeis na organização, transformando assim esse capital humano em um dos principais ativos estratégicos que as empresas possuem

As organizações atuais buscam ofertar além de uma remuneração atraente, uma série de benefícios e ações com objetivo de atrair e reter seus potenciais talentos. Isso se deve pela valorização de um quadro funcional corporativo eficiente, pois por meio dele é que a organização poderá se desenvolver.

Além da constante busca das empresas por mão de obra qualificada para o exercício das atividades, as organizações procuram também desenvolver seus talentos de forma a potencializar seu quadro funcional, a partir daí uma gestão eficiente da área de Recursos Humanos se faz necessária.

A área de Gestão de Pessoas é responsável pelo planejamento, liderança, organização e controle do pessoal e de atividades com objetivo de alinhar as suas ações as metas da organização e promover a satisfação do trabalhador no desenvolvimento de suas atividades. O individuo passa a ser fundamental no processo de obtenção de vantagem competitiva para as organizações, por isso se faz necessário que a o RH trabalhe com vistas de melhorias no que se refere ao processo de retenção de talentos.

Segundo Ivancevich (2008) as ações da área de Gestão de Pessoas possuem um papel fundamental no desenvolvimento e sobrevivência de qualquer organização, observa-se com isso a importância crescente da área e como suas atividades podem influenciar na eficácia ou ineficácia organizacional. Segundo o autor supracitado (2008, p. 9) “para o sucesso do RH os gestores de outras áreas devem estar bem envolvidos e bem informados”, isso se deve à importância que os gestores têm na eficácia do relacionamento com os funcionários, a empresa e o trabalho que é feito, ou seja, a alta gerencia é determinante na eficácia da gestão de Recursos Humanos na empresa.

Além de atividades rotineiras relacionadas com o recrutamento, seleção, treinamento, remuneração e benefícios, uma área de Gestão de Pessoas eficiente deve buscar ações que proporcionem a qualidade de vida no trabalho, ou seja, ações que melhorem a satisfação do trabalhador e de desenvolvimento. Por meio dessas ações é possível obter maior qualificação do quadro funcional, maior comprometimento do colaborador no desempenho das suas atividades e consequentemente a organização será beneficiada.

Referências:

IVANCEVICH, J. M. Gestão de Recursos Humanos. 10. ed. São Paulo: Mc Graw-Hill, 2008. 9 p.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento