A fachada da empresa é a primeira imagem que fica na mente do cliente
A fachada da empresa é a primeira imagem que fica na mente do cliente

A fachada da empresa é a primeira imagem que fica na mente do cliente

A parte externa é a primeira imagem que o cliente tem de uma empresa. Por isso, na parte externa da empresa, têm que ser observado os seguintes aspectos: fachada principal e vitrine

Na semana passada foi visto o artigo Negócio quase pronto: chegou a hora de adquirir as mercadorias.” E, dando continuidade ao projeto, a postagem de hoje é intitulada como “A fachada da empresa é a primeira imagem que fica na mente do cliente.”– que representa a 9ª fase para a montagem de uma empresa.

9ª - A fachada da empresa: é a primeira imagem que fica na mente do cliente

A parte externa é a primeira imagem que o cliente tem de uma empresa. Esse é um ótimo motivo para que o projeto arquitetônico seja bem planejado e executado, porque é o cartão postal de uma loja e é capaz de atrair público – e fazer com que ele permaneça por mais tempo nela. Por isso, na parte externa da empresa, têm que ser observado os seguintes aspectos:

Fachada principal

Tem que ter uma boa apresentação – pintura impecável, limpeza, iluminação e tantas outras coisas que a embelezem –, pois é ela que dará personalidade à empresa, destacando-a, chamando a atenção, dando uma boa impressão e, em consequência, atrairá os clientes, curiosos para conhecerem a empresa que lhes chamou a atenção.

Ainda na fachada principal, deve ser observada a placa sinalizadora, que é o que marca o ponto comercial e identifica a empresa, fazendo com que seja fixado na memória do público transeunte e que, também, ajudará na sua localização. Próximo da fachada devem ser evitados obstáculos, tais como árvores, faixas e bancas de camelôs e de revistarias, pois impedem a visão do estabelecimento.

Vitrine

Se a sua empresa é uma loja e dispõe de vitrine, preste bastante atenção à mesma porque é ela o elo entre o cliente e a empresa. A sua apresentação deve causar impacto e um irresistível desejo de compra. No entanto, para isso, devem ser observadas algumas regras, quanto:

  • à iluminação – ela deve ser feita de forma que as mercadorias sejam vistas com clareza e suavidade;

  • às mensagens – com preços e ofertas nas vitrines. As etiquetas com preços nas mercadorias devem ser distribuídas de maneira que não prejudiquem o visual da vitrine; os especialistas recomendam que nas vitrines não devem apresentar todos os dados sobre os produtos, para que os clientes entrem na loja para “in loco” conhecer os produtos; e
  • às mercadorias expostas – devem ser distribuídas de forma harmoniosa, de maneira que sejam o centro de atenção do consumidor; e os especialistas recomendam, ainda, que o ideal é a vitrine ser renovada semanalmente e que sejam utilizadas decorações temáticas. Por exemplo: se for verão, coloque elementos que lembrem o sol e a praia para ambientar as mercadorias, que devem estar em destaque.

Espero que você tenha gostado desse artigo.

Até o próximo artigo. Aguardem!

Texto baseado no meu livro Montando e Mantendo o $eu Próprio Negócio

ExibirMinimizar
Digital