A experiência das mudanças

Essas novas habilidades “querendo ou não” terão que surgir, pois chegarão momentos que, o que sabemos não será mais novidade e muitas pessoas já fazem melhor e mais rápido, sendo propicio para a perda de espaço nesse mundo tão competitivo.

Para conseguir falar sobre mudanças tendo os sentimentos aflorados no momento em que relatava esse texto, me propus a escrevê-lo com a mão esquerda (rascunho), não que eu não tenha experiências no dia-a-dia sobre o assunto, mas dessa maneira consegui trazer a tona os sentimentos e anseios das mudanças percebidos no momento em que escrevia, para que a escrita não ficasse apoiada somente nas lembranças de fatos, mas sim captadas na hora H.....

No cenário atual em que vivemos é normal que tenhamos que nos adaptar as mudanças, pois para se manter no mercado de trabalho que está em constante modificação temos que desenvolver habilidades novas, mais sofisticadas e adequadas com a realidade.

Essas novas habilidades “querendo ou não” terão que surgir, pois chegarão momentos que, o que sabemos não será mais novidade e muitas pessoas já fazem melhor e mais rápido, sendo propicio para a perda de espaço nesse mundo tão competitivo.

Imaginemos o caso de uma pessoa destra, que por algum motivo tiver que escrever com a mão esquerda. Seria algo bastante ruim, pois mesmo que tenha até em sua mente algo brilhante, não poderia escrever com rapidez. Fora isso, o esforço seria algo doloroso, pois seus músculos não o ajudariam e por sua vez sentiria um desconforto irremediável, a não ser que voltasse ao seu antigo estado (Destro).

Por isso nós seres humanos somos tendenciosos, queremos sempre fazer as coisas da maneira em que aprendemos, descartando as diversas maneiras em que podemos solucionar um problema ou tomar uma decisão. E quando fazemos algo diferente não queremos ir até o final, pois quanto mais nos adentramos em uma situação que não é de nossa ousada, mais desconforto e medo sentimos. Com isso chega-se a uma afirmação: Nosso celebro tentara bloquear todas as ameaças internas e externas que ele sentir. (Digo sem base cientifica). Daí então a dificuldade de se habilitar em algo novo e arrojado, onde somente a força de vontade poderá nos levar até o fim.

Porém execute coisas novas, pois mesmo que as idéias fujam da mente no inicio, o celebro se acostumara e as fará de maneira natural, no entanto seja cauteloso e cuide para que não perca o foco no meio do caminho onde todo esforço despendido para tal tarefa não seja em vão.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento