A ética e o preço da hipocrisia

"O que dizemos, acreditamos ou pensamos, nada mais são do que propriedades abstratas de nossas crenças e culturas, enquanto as nossas atitudes é que evidenciam as características do nosso verdadeiro caráter"

Nunca a Ética foi tão evidenciada como atualmente. Desde a antiguidade, tem sido objeto de inúmeras análises, teorias e críticas, mas hoje – mais do que nunca – tem se tornado um dos mais observados e valorizados alicerces dos relacionamentos.

Ao longo do tempo, aprendemos que “a necessidade de se evoluir para sobreviver” tende à aniquilar nossas relações com o comodismo, contudo, a “desenfreada emergência” pela qual o mundo contemporâneo estabelece seus padrões e necessidades tem feito com que muitos indivíduos sejam “exímios conhecedores teóricos da Ética, mas verdadeiros Hipócritas na arte de praticá-la”.

O preço que se paga por essa Hipocrisia é muito alto, sobretudo quando se trata de Líderes Empresariais, Familiares e Políticos, pois ela está diretamente ligada à sua credibilidade, capacidade de exercer o cargo e à sua reputação. Quando se trata de Líderes Religiosos, a obviedade das consequências catastróficas é tão grande que é dispensável qualquer observação à parte.

A Hipocrisia soa como um instrumento de cordas desafinado, pois costuma ser motivo de escândalos que expõem o caráter e os mais intrínsecos valores éticos de um indivíduo. Nesse cenário, o Líder entra em descrédito e os seguidores ou subordinados – que são munidos de um mínimo grau de discernimento – iniciam um processo de rejeição e questionamento acerca da autoridade a que são submetidos.

Mas afinal, por que a Ética – mesmo sendo tão difundida - é tão pouco praticada?

Por que a Hipocrisia – mesmo sendo tão repugnante – é escancaradamente exercida?

Porque a Ética e a Hipocrisia – embora tão diferentes – habitam nos lugares mais profundos do caráter de um indivíduo. O que dizemos, acreditamos ou pensamos, nada mais são do que propriedades abstratas de nossas crenças e culturas, enquanto as nossas atitudes é que evidenciam as características do nosso verdadeiro caráter.

Ninguém pode ser aquilo que não pratica e nem aquilo que somente encena. Quando nossas atitudes estão alinhadas aos nossos discursos, deixamos de ser hipócritas e praticamos a verdade. Quando dizemos, e em verdade praticamos, finalmente somos “mais Éticos e menos Hipócritas”.

Quando “mais Éticos e menos Hipócritas”, falemos menos e façamos mais, e quando falarmos, não encenemos, mas façamos...

...”pois o mundo está sedento de Ética e farto de Hipocrisia”.

ExibirMinimizar
Digital