A escola do Design

Essa escola pouco fala da estratégia em si, mas sim em um processo de como formulá-la.

A escola do Design tem suas raízes na publicação de dois livros escritos na Universidade da Califórnia e no MIT Leadership in Administration de Philip Selznick e Strategy and Structure de Alfred D. Chandler. Como cita o título, esta escola trata do processo de formulação estratégia como um processo de concepção, pois do pensamento e conhecimento científico do estrategista, criam-se as estratégias. Isso se dá pelo fato desta escola ter uma visão centralicista e depositar a força em apenas uma cabeça, o executivo geral.

Está em seu processo a análise das ameaças e oportunidades no ambiente da organização perante as forças e fraquezas da mesma, por isso em larga escala é utilizado o sistema SWOT para formular estratégias. O processo de “pensamento consciente” do estrategista exprime a informalidade desta escola, pois não é necessário a criação de formulários e documentos para cada processo, ele ocorre na mente do estrategista de forma deliberada com seus envolvidos, frequentemente envolvidos na alta administração, pois esta escola acaba excluindo os demais atores da organização, deste modo tem de ser mantido simples para que todos possam compreendê-lo no momento de implementação.

O processo prescritivo se conclui quando as estratégias aparecem como forma de perspectiva, devido esta escola não fazer uso de estratégias emergentes ao separar a ação do pensamento, faz com que o processo tenha sua concepção por inteiro antes de ser implementado, sem espaço para ações incrementalistas, a escola admite que a estrutura é refém da estratégia e vice-versa, no momento que reformulam-se as estratégias, esta escola cita que a estrutura deverá ser repensada.

Por fim, pode citar-se que esta escola pouco fala da estratégia em si, mas sim em um processo de como formulá-la. Por ser um processo mecânico, não trata de desvios que podem desmontar o processo, e não traz experiência para organização, apenas para o estrategista pois limita-se a realização de etapa pós etapa idealizando um mapa de como formular estratégias de forma objetiva. O modelo da escola de design parece ser aplicável na “nova organização” ou em organizações que buscam um processo de reestruturação, pois os passos a serem seguidos são trassados de uma vez só e inalteráveis pós sua implementação.

Referência: Safári de Estratégia: Um roteiro para a selva do planejamento estratégico. (Henry Mintzberg, Bruce Ahlstrand e Joseph Lampel).

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento