A escalada profissional

Diante das circunstâncias que nos cercam no dia-a-dia rumo ao crescimento profissional, podemos identificar três distintos personagens: os desistentes, os campistas e os alpinistas. Cabe a cada um escolher através de suas atitudes qual papel irá assumir para sua carreira

Em nosso cotidiano, seja na área pessoal, social ou profissional nos deparamos constantemente com adversidades dos mais diversos tipos, e disso não temos como escapar. A verdade é que temos que aprender a lidar com essas situações e sempre extrair lições de aprendizado que nos fortaleçam e nos ensinem para situações futuras.

Dessa maneira amadurecemos e desenvolvemos um comportamento chamado RESILIÊNCIA, que na área de gestão, significa a capacidade de resistência e adaptação às adversidades, o quanto somos persistentes ao se deparar com obstáculos e tomar atitudes positivas para superá-las.

No sentido de analisar o comportamento humano diante das adversidades o autor Paul Stoltz desenvolveu um estudo tipificando os colaboradores das empresas em 3 categorias diante das adversidades: os DESISTENTES, os CAMPISTAS e os ALPINISTAS, que baseados em pesquisas realizadas representam: 15%, 80% e 5% respectivamente.

Vejamos o que cada categoria representa:

- Os Desistentes – São aqueles que não suportam os desafios, estão desmotivados, frustram-se facilmente e julgam-se sempre como vítimas e injustiçados, pouco ou nada fazem para mudar esse cenário.

- Os Campistas – São aqueles que se mantêm sempre no nível mediano, na chamada zona de conforto. Necessitam de constantes estímulos para alcançar patamares superiores, de vez em quando podem se tornar um “alpinista” temporário, mas também correm o risco de se tornar um “desistente”. É a categoria que geralmente sofre mais transições e corresponde a grande massa profissional.

- Os Alpinistas – Esses profissionais são motivados, buscam novos desafios constantemente, desafiam regras em busca de melhorias de processos. Sabem lidar bem com adversidades, seus medos e suas frustrações. Parecem ter energia infinita, incomodam os acomodados. Entregam mais do que é pedido com qualidade superior à esperada.

A categoria dos “Desistentes” parece pesada, triste e lamentável, porém sintetiza comportamentos praticados por profissionais que se encontram nesse perfil. Tais comportamentos são nocivos à pessoa que as pratica e aos que estão ao seu redor. Porém não significa que não pode ser mudado. A pessoa deverá para isso primeiramente desenvolver a auto análise, ter a capacidade de aceitação e consequentemente buscar auxílio para aperfeiçoar cada comportamento que a esteja mantendo nessa categoria.

Aos “Campistas” que precisam de estímulos constantes e direcionamento adequado, cabe concentrar-se na busca de bons exemplos e pessoas que sejam boas referências para a busca de novos desafios e desenvolvimento profissional. Nesse momento as pessoas ficam suscetíveis a influências, sejam elas boas ou até mesmo ruins. Portanto é de extrema importância se manter vigilante na observação dos comportamentos e se estão adequados às escolhas traçadas. Para alcançar o nível de “alpinista” é possível iniciar em escaladas menores, porém frequentes, como: se envolver em novos projetos, propor novas ideias para aperfeiçoar atividades cotidianas, etc.

Já os “Alpinistas”, os incansáveis na busca de crescimento, auto desenvolvimento e constantemente motivados, assumem um papel de extrema importância, pois além de se beneficiarem de seus comportamentos positivos, também possuem a capacidade causar um efeito de “contágio” de suas qualidades, servindo de amparo aqueles que precisam se aperfeiçoar, em geral o grupo dos “campistas” formando sucessores.

Após conhecermos essa teoria, devemos dedicar um período à reflexão e procurar avaliar quais comportamentos devemos praticar a partir dessa reflexão. Obviamente não podemos nos abater diante de uma percepção negativa, uma vez que até mesmo os “alpinistas” acampam em certos momentos, o mais importante é escalar de vez em quando, e não perder nunca essa intenção.

Boa escalada a todos!

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.