A Educação e a Psicologia no seu cotidiano

No mundo contemporâneo, as ações de ensinar e aprender, não são apenas atividades escolares, são ações para a vida inteira. Entre aqueles que aprendem e o objeto a ser aprendido, sempre há mediadores

Como o conhecimento nas áreas de Psicologia e Educação ajudam no seu cotidiano, como educador(a). Cite exemplos onde podemos caracterizar essas duas áreas.

Para iniciar a nossa discussão sobre o questionamento apresentado vamos, em primeiro lugar, ver o que poderíamos considerar como: Professor, Alunos e Educador.

No mundo contemporâneo, as ações de ensinar e aprender, não são apenas atividades escolares, são ações para a vida inteira. Entre aqueles que aprendem e o objeto a ser aprendido, sempre há mediadores.

Neste sentido, o termo professor é visto como uma linguagem muito restrita e distante da realidade em que se apresenta a educação hoje, pois seria apenas “aquele que professa aquilo que sabe para os seus alunos”.

Alunos seria “a=não e lunos=sem luz. Então, alunos seria “aquele que não tem luz própria”, portanto, os alunos seriam meros ouvintes.

E o educador? O educador no mundo contemporâneo é o mediador que prepara o seu mediado (aluno) para a vida. Para isto, quando entra em sala de aula ele não leva apenas conteúdos para serem vivenciados em sala de aula, mas leva a sua vida, seu jeito de ser, de fazer, de se relacionar e de compreender o mundo atual.

No entanto, precisam conviver com as adversidades, com novas situações, com novos desafios, e quando estes são um tanto distante da realidade, precisam montar estratégias e apresentar sugestões para atingir os seus objetivos e vencer as adversidades.

Portanto, o educador deve estar apto a conviver em grupo, estabelecer relações, identificar problemas, levantar hipóteses, analisar e sintetizar ideias, vivenciar valores e crenças que promovem a vida, pois os alunos(a) de hoje são os cidadãos e cidadãs de amanhã.

E a Psicologia? Dentro da educação ela tem vários papéis, que aos poucos estão sendo descobertos e que são de fundamental importância na orientação do educador para formação da personalidade de seus educandos.

O Psicólogo tem como papel fundamental na educação, mostrar para os educadores que as suas atitudes, as suas relações, o afeto, o seu comportamento com eles farão parte da construção das suas personalidades.

Portanto, dentro deste contexto, podemos observar que, o conhecimento da Psicologia e da Educação têm um papel fundamental no meu cotidiano como educador.

Elas têm me apresentado que o meu papel como educador é ser mediador do conhecimento para a formação de cidadãos e cidadãs conscientes e responsáveis.

E que estes conhecimentos vão além de repassar conteúdos ou preparar profissionais para o mercado de trabalho.

Dentro desta perspectiva tenho procurado trabalhar as relações inter-pessoais, afetivas, comportamentais que possam fortalecer o seu caráter e personalidade.

Como exemplo, podemos começar citando a nossa relação de carinho a partir do momento que nos encontramos na escola, na sala de aula ou em qualquer outro ambiente, mesmo fora da escola, onde nos cumprimentamos de forma afetiva.

Podemos ainda citar a preocupação que demonstramos, não só com o seu aprendizado, mas com o seu crescimento como pessoa e com a sua relação familiar, procurando participar das suas dificuldades ajudando a minimizá-las.

Temos ainda desenvolvido projetos na escola que vão além dos conteúdos programáticos onde eles têm a oportunidade de trabalhar os seus hábitos alimentares, a importância na sua formação, as relações com a natureza observando as adversidades, os impactos e a sua importância para a nossa vida.

Isto tem proporcionado a oportunidade de cada um vivenciar não só seu cotidiano, mas o da coletividade tendo uma visão de futuro.

Estes trabalhos buscam ainda trabalhar a convivência em grupo através do cooperativismo, as relações afetivas através do respeito a individualidade, as relações de comportamento e as tomadas de decisões, mostrando a importância de atitudes positivas na relação de grupos.

Acredito que tenho, não só buscado aprimorar os meus conhecimentos na área da Psicologia e Educação, mas também colocar em prática colaborando assim para a formação dos cidadãos e cidadãs do futuro.

Publicado originalmente em http://tabiraemdebate.com.br/blog/?p=32857

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento