A cultura da corrupção x valores organizacionais

Afinal, a cultura da corrupção pode ou não afetar o seu negócio?

Estamos tão habituados em ouvir o termo CORRUPÇÃO que o seu uso nos diálogos do dia a dia não nos impactam mais. Dizem que a corrupção é tão comum no Brasil, que o jeitinho brasileiro é a corrupção convertida em pequenos comportamentos e atitudes visando beneficio próprio e imediato. Aquelas pequenas atitudes tomadas como furar fila de atendimento, usar o título, sobrenome ou parentesco para ser priorizado, uma transferência de bens para fugir dos impostos, entre outras coisas do tipo, dão aquela momentânea sensação de ganho, mas também mostram os tipos de valores errados cultivados pelas pessoas.

As consequências de uma atuação corrupta leva a verdadeiras catástrofes que não se limitam às fronteiras empresariais. Um dos maiores riscos à imagem de uma empresa é ter sua história associada a corrupção. Um grande exemplo disso é a Samarco, que claramente abriu mão de seus valores e de suas responsabilidades, visando benefícios próprios. E não só ela, mas também várias outras grandes entidades envolvidas no desastre de Mariana - MG, que fecharam os olhos para diversas irregularidades, sacrificando o bem comum. O resultado de todas essas "concessões" ficou conhecido como o maior desastre ambiental do País, no qual milhares de pessoas e seres foram prejudicados.

Poderia se listar aqui diversos outros exemplos advindos de uma atuação empresarial desonesta, já que isso é visto de forma mais comum do que gostaríamos, no entanto, não é este o foco deste texto. O que desejo expor para nossa reflexão é que embora não se saiba ao certo como essa cultura da corrupção surgiu, pode-se ter a certeza de que se as empresas são corruptas, é porque as pessoas são corruptas.

Por isso, se você deseja extinguir esse tipo de risco da sua organização, invista imediatamente na disseminação de valores organizacionais. Seja incisivo nisso, e atue na área comportamental de seus colaboradores, parceiros e fornecedores.

Os valores dizem muito sobre cada individuo, mostram o seu modo de agir e também as suas prioridades. Os valores organizacionais, do mesmo modo podem dizer muito sobre sua empresa e a sua atuação, entretanto, nada dirão se não saírem do quadro pendurado na sua recepção e forem trabalhados com toda a sua equipe, disseminados à todas partes interessadas, e incorporados a sua cultura organizacional.

Diga-me os seus valores, e te direi que tipo de empresa és.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento