Café com ADM
#

A Auto-estima humana

Como vai a sua auto-estima? A sua auto-estima é você mesmo! Então, como vai você? Dizem que a auto-estima humana é um auto-sentimento de importância ou valor atribuído a alguém. É uma fonte de energia que vem de dentro para fora do ser humano e que, se positiva, lhe permite vencer obstáculos, superar situações, reconhecer-se como alguém que merece reconhecimento, favorece atingir mais momentos de felicidade. Será a auto-estima uma condição para a vida? A sua auto-estima é a sua vida! Na sua vida, como está a sua auto-estima? Mas a auto-estima não é mais uma daquelas coisas que se pensa solitária. Ela é viva, logo, é social, é de contato, se traduz na vida com outras pessoas. De que serve uma baita auto-estima que só estima a si mesmo? E o outro que é parte do meu existir? A estima que tenho por mim mesmo é crucial para a conquista de momentos felizes e é fundamental na superação de momentos de tristeza. Sejam estes momentos comigo ou com outros próximos ou distantes. Alegria e tristeza rodeiam a auto-estima, uma esbanjando o prazer e a outra estocando o pensar e favorecendo futuros prazeres. Poderia alguém viver sem auto-estima? Auto-estima é vida! Vida é auto-estima! Sua vida tem encontrado a sua auto-estima? Você já deve ter conhecido pessoas com especial predileção por si mesmas. Não me refiro a pessoas dotadas de pura autovaidade extrema, pois dependendo do tom de vaidade, esse tipo de auto-estima pode esquecer do meio onde vive e começar uma autodestruição de fora para dentro e de dentro para fora de si mesmo. Mas isso não é auto-estima? Auto-estima é vida! Refiro-me a pessoas que aprenderam a gostar de si mesmas, das suas atitudes, dos seus erros, dos seus gestos. Pessoas que valorizam o seu jeito de ser, que conseguem rir de si mesmas de vez em quando. Gente que olha fotos suas, antigas ou atuais, e lembra-se de momentos, relacionamentos, situações ou fatos que a remetem a outras pessoas, a outras auto-estimas de outros momentos da vida. Enfim, refiro-me a seres que demonstram, na sua expressão diária, vida e senso de valor solitário e solidário ao mesmo tempo. Lembrem-se, assim como as crianças, somos o que nós expressamos! Sem auto-estima não dá!
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.