A Auditoria Interna e o campo de aplicação nas PMEs

O IIA Brasil define que auditoria interna é uma atividade independente e objetiva de avaliação e de consultoria, desenhada para adicionar valor e melhorar as operações de uma organização

O IIA Brasil define que auditoria interna é uma atividade independente e objetiva de avaliação e de consultoria, desenhada para adicionar valor e melhorar as operações de uma organização.

Ela auxilia a realizar os objetivos de uma organização a partir da aplicação de uma abordagem sistemática e disciplinada para avaliar e melhorar a eficácia dos processos de gerenciamento de Riscos, Controle e Governança.

Os serviços de auditoria interna podem ser contratados por empresas de todos os segmentos e tamanhos que necessitem aprimorar e alavancar seus negócios. Alguns exemplos de avaliação da eficiência e eficácia de processos podem ser vistos abaixo:

I. Estoques, Avaliação curva ABC, giro de estoques, inventários físicos periódicos, avaliação de controles internos de recepção, guarda e distribuição, avaliação de processo de Compras;

II. Financeira, Flutuações dasvendas, margem de lucro, análise de custos, fluxo de caixa, contas a pagar, contas a receber, processos de pagamentos, cobrança e financiamentos;

III. Pessoas, Análise de perfil de funções, folha de pagamento e rescisão de contrato, processos e cálculos trabalhistas, obrigações acessórias, prevenção e detecção de contingências trabalhistas.

O enfoque de Auditoria Interna é baseado na avaliação da Gestão de Riscos, Controle Interno e Governança:

a) Enfoque de Riscos, a avaliação compreende se os objetivos da organização dão suporte e estão alinhados à missão e se os riscos relevantes são identificados e avaliados tempestiva e habitualmente;

b) Enfoque de Controle, significa o alcance dos objetivos de forma sustentável, na integridade das informações financeiras e operacionais, eficácia e eficiência das operações, salvaguarda dos ativos e conformidade om as leis, normas e regulamentos;

c) Enfoque de Governança promove a ética e os valores apropriados dentro da organização e assegura o desempenho organizacional e a prestação de contas.

O CFC, através da Resolução 983-03 que aprovou a NBC TI 01, item 12.1.1.3, define auditoria interna:

A Auditoria Interna compreende os exames, análises, avaliações, levantamentos e comprovações, metodologicamente estruturados para a avaliação da integridade, adequação, eficácia, eficiência e economicidade dos processos, dos sistemas de informações e de controles internos integrados ao ambiente, e de gerenciamento de riscos, com vistas a assistir à administração da entidade no cumprimento de seus objetivos.

Por outro lado, de forma mais abrangente, a referida NBC visa um enfoque nos relatórios contábeis, dos quais refletem e são causa do conjunto das operações praticadas na organização, como forma de identificar e apresentar subsídios para o aperfeiçoamento dos processos, da gestão e dos controles internos. Assegura ainda a importância e o papel da Auditoria Interna sobre Fraude e Erro, devendo assessorar a Administração da entidade na sua prevenção.

Mais recentemente, considerando o processo de convergência das Normas Brasileiras de Contabilidade aos padrões internacionais (IFRS), o CFC, através de Resolução do CPC, alterou a NBC TA 610, que dispõe sobre a utilização dos trabalhos de auditoria interna pela Auditoria Externa, na obtenção de evidência dos trabalhos realizados e na prestação de assistência direta ao auditor independente pelo auditor interno, fazendo este último, parte integrante da equipe de trabalho.

Igualmente a referida Norma define os processos de Governança, Gestão de Risco e Controle Interno como objetivos e alcance da atividade de auditoria interna, para avaliar a aprimorar a eficácia da Gestão.

O mesmo Órgão de Classe, através da NBC PI 01, define as responsabilidades do Auditor Interno na execução dos trabalhos como Regras Profissionais para o Exercício da Profissão, devendo ter o máximo de cuidado, zelo e imparcialidade, com o dever de respeitar o sigilo das informações obtidas da entidade, mesmo depois de terminado o vínculo empregatício ou contratual.

Enfim, conclui-se que as diretrizes e políticas para o exercício e asseguração os trabalhos de auditoria interna estão revestidos das práticas mais atuais adotadas nos mercados internacionais, baseadas tanto nas normas internacionais de auditoria interna editadas pelo IIA e adequadamente trazidas pelo CFC, o que se traduz em qualidade para o resultado das avaliações destinadas para as empresas e entidades contratantes dos serviços de auditoria interna.

(*)

IIA Brasil - Instituto dos Auditores Internos (IIA Global) é uma entidade técnico-científica de classe mundial que congrega os profissionais de Auditoria Interna no Brasil.

CFC - Conselho Federal de Contabilidade, órgão que regula a atividade de auditoria interna para profissionais Contadores com registro ativo no Brasil.

CPC - Comitê de Pronunciamentos Contábeis (composto pelos membrIos permanentes da ABRASCA, APIMEC Nacional, BOVESPA, CFC, FIPECAFI e IBRACON)

NBC - Normas Brasileiras de Contabilidade

IFRS - International Financial Reporting Standards

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento