A arte da gestão de pessoas

Porque tratamos o trabalho como algo maléfico e torturante. Como transformar nossas equipes em equipes motivadas?

Mês de Julho é o mês de férias. Assim, decidi viajar com a família para o interior do nordeste brasileiro, para visitar os parentes que vivem na roça com o sabor do campo e as dificuldades da terra como relata Gilberto Freire em seu amplo estudo da sociedade brasileira. Foi uma viajem incrível onde aprendi muito sobre o conceito de trabalho e a motivação pessoal pelo mesmo.

Começemos estudando a etimologia da palavra Trabalho onde segundo o site dicionárioetimologico.com surge da palavra Tripalium, um instrumento de três pontas que servia para castigar e torturar. Daí a cultura do sofrimento em relação ao trabalho. Porém, a palavra Work (trabalho em inglês), tem sua origem no anglo saxão antigo Weorc que significa atividade, fazer algo.

Bom vocês devem estar perguntando o que isso tem a ver com o nordeste brasileiro... Sim, muito à ver, nesta viajem conheci o senhor Edésio um homem de 89 anos que tinha acabado de ficar cego, ele é amigo de meu sogro e me pediram para levá-lo em sua roça (local onde se trata da terra e planta para consumo e para a venda), ao chegar no local, o Sr. Edésio chorava como uma criança, dizendo que não conseguia mais trabalhar e que a terra que tinha lhe dado tudo na vida não poderia mais ser trabalhada por ele. Neste momento percebi o quanto nós gestores temos de desafio, pois, aquele sentimento de satisfação em trabalhar, em produzir e sentir-se importante e completo ao realizar o trabalho é algo que precisa ser despertado em nossas equipes. Eis nosso desafio, fazer com que as pessoas sintam prazer em realizar suas atividades, de forma importante e majestosa, tendo a paixão pelo que se é feito e gratidão pelo trabalho e pelo que ele nos proporciona. Devemos desenvolver o sentimento do Weorc, e não do Tripalium, assim como o Sr. Edésio e muitos dos nordestinos que sentem amor pela terra, por seu trabalho e sua produção.

Nós gestores devemos buscar em nossas equipes o que lhes proporciona esta satisfação, e atuarmos no desenvolvimento das mentalidades no trabalho e sua cultura como agente transformador da sociedade. Assim, traremos as condições do trabalho consciente que Marx tanto enfatizava em contra ponto com a alienação do trabalho e sua forma de tortura.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento