8 tendências do marketing digital hoteleiro para 2017

Quais serão as tendências do marketing hoteleiro para o ano de 2017? Listamos as 8 estratégias e tendências que mais influenciarão o marketing digital hoteleiro para que você as incorpore agora mesmo no plano de marketing do seu hotel.

Listamos as 8 estratégias e tendências que mais influenciarão o marketing digital hoteleiro para que você as incorpore agora mesmo no plano de marketing do seu hotel.

1ª Produção de conteúdos + Posicionamento em buscadores

Já é notório que quanto mais conteúdo de qualidade que tiver no seu site mais links estarão apontando pra ele. Pense em artigos como “5 Passeios Imperdíveis na minha região”, “Restaurantes para Colocar no seu Passeio Gastronômico em sua região”, “10 Praia Que não deixarão você sair de região”.

O Google anunciou que irá incorporar no algoritmo Pinguim 4.0 e penalização aos links externos de má qualidade que apontam para o site. Se você quiser manter ou melhorar o posicionamento orgânico (aquele que não é pago) do seu hotel, verifique cada um dos links que você possui atualmente, bem como a sua procedência geográfica e idioma.

Se você trabalhar a sua estratégia de marketing de conteúdos de forma consciente e criar textos de qualidade, os links chegarão de forma natural (link building) e gerará um engajamento em sua comunidade.

2ª Mobile

As buscas de hotéis através dos celulares cresceram nos últimos anos. Mais da metade dos usuários de smartphones utilizam os seus celulares no processo de compra de uma viajem, buscam descontos e atividades para realizar durante a viagem.

Mais do que nunca, será indispensável que a página web de um hotel disponha de um desenho responsivo - aquele que de adapta a qualquer tamanho de tela. É fundamental que o motor de reservas ou booking também se adapte a qualquer tipo de aparelho celular.

3ª SEO Local

O SEO local é uma maneira de posicionar um site nos primeiros resultados de uma busca, especialmente interessante para negócios que contam com um lugar físico, como um hotel ou restaurante.

Quando um usuário realiza uma pesquisa de hotel e no final inclui a cidade, os resultados costumam se apresentar da seguinte maneira: 1ª são os anúncios do Google AdWords (publicidade online), 2º os resultados SEO localizados e por fim os resultados orgânicos.

Se a mesma pesquisa for feita de um celular, o fator de localização tem relevância ainda maior.

Cada vez mais, os hotéis utilizarão os serviços de geolocalização para comunicar-se com seus clientes. Você está esperando o que para incluir essa tendência na estratégia do seu hotel?

Dica: Para ver seu hotel no campo de mapas do Google, cadastre seu hotel ou pousada no Google Meu Negócio.

4ª O posicionamento SEO e as novas formas de buscar informação

O novo desafio para o posicionamento SEO serão as pesquisas por voz (que neste momento representam o 20%), os assistentes virtuais (Siri, Cortana, Google Now) e as novas formas de realizar pesquisas no Google.

Mais motivos para estarmos atentos à esta tendência:

  • 40% dos usuários de assistência por voz começaram a usar-lo no meio de 2016, o que indicaria que o período de adoção precoce estaria finalizando e que estaríamos dando um passo para a próxima fase

  • 20% das consultas por celular já são realizadas através de pesquisas por voz (voice search)

  • Os locais principais para a pesquisa por voz é de casa, seguida pelo carro.

  • Um estudo da Google de 2014 indicava que os usuários que realizavam busca por voz eram adolescentes. Esses adolescentes estão crescendo e tornando-se jovens profissionais, com receitas maiores e dispostos a investir em viagens e hotéis para suas férias.

5ª Vídeos ao vivo ou streaming social

O conteúdo em formato de vídeo conta com um alto grau de aceitação dos usuários.

Apresente aos seus clientes em potencial como é o seu hotel. Utilize plataformas como Periscope, YouTube, Snapchat, Facebook Live e Instagram Live para fazer-se conhecer o cantinhos especiais do seu estabelecimento hoteleiro. Se você produzir conteúdo de qualidade, ele viralizará, captando assim mais tráfego para o seu site.

Além de abrir um novo canal de comunicação e aumentar o engajamento com a sua comunidade, você também irá gerar confiança. Se “uma imagem vale mais que mil palavras”, um vídeo multiplica de forma exponencial os resultados.

Com a incorporação do vídeo, as redes sociais se transformaram em um canal de transmissão ao vivo. E os usuários gostam muito disso.

De acordo com o estudo Read Seriously Social Summary Report 2016 publicado pela Warc, 79% dos entrevistados utilizavam uma estratégia de marketing de conteúdos. Destes, 73% utilizou o vídeo como elemento chave em sua estratégia social.

6ª Realidade virtual

A realidade virtual afetará mais indústrias do que pensávamos inicialmente. Começou como uma tecnologia de entretenimento e se converteu em uma potente ferramenta de marketing.

A rede hoteleira Marriott foi uma das pioneiras no setor hoteleiros a ter investido na realidade virtual. Conheça sua série de viagens de realidade virtual VR Postcards, no YouTube.

Outra rede hoteleira que apostou nessa ferramenta para fazer-se conhecer os seus hotéis e destinos foi a Shangri-la Hotels & Resorts, com seus virtual reality tours.

Shangri-la-Hoteles y Resorts realidad virtual

Sem deixar dúvidas, estamos diante de uma tendência com muito potencial para criar conteúdos novos e experiências para os hóspedes, que poderão conhecer um hotel inclusive antes de realizar uma reserva.

Dica: Comece apostando nos conteúdos 360º do Google Street View e coloque no seu site.

7ª Influencer Marketing ou Marketing de Influenciadores

Devido ao crescimento que os influenciadores tiveram nos últimos 3 anos, esperamos que o Brasil comece a regular o que fazem e dizem esses usuários nas redes sociais. Ao mesmo tempo, plataformas como Facebook buscarão uma forma de limitar o impacto orgânico das suas mensagens para não perder seu poder e para que os seus números sejam positivos. Não se descarta a compra de plataformas ou empresas especializadas nessa área.

Muito além de contar com o apoio de usuários com um grande número de seguidores, o que as empresas buscam são pessoas influentes dentro de um nicho determinado ou micro-segmento. Este conceito de micro-segmentação é ideal na hora de promover um hotel.

É muito importante conhecer ao perfil do consumidor. Se não o tiver identificado, estarão vendendo um produto ou serviço com um tapa-olhos. Tenhamos claro quem é, o que quer, como compra e reserva as suas férias, para oferecer o que estiver buscando, não com o que acredite que ele necessite.

8ª As redes sociais e os hotéis

Muitos hotéis e pousadas utilizam as redes sociais de forma amadora e sem planejamento, acreditando que fazendo publicações “soltas”, sem a escolha adequada do tema e do horário estarão atraindo mais clientes.

Para ganhar atenção de seu público alvo, os hotéis precisam ter uma estratégia de conteúdos de relevância, que tragam informações úteis ao viajante e não apenas promoções de pacotes e tarifas.

Além dessas estratégias, ter em mente que para alcançar uma ampla audiência qualificada é preciso pagar, isso significa planejar e colocar no orçamento de seu custo com vendas anúncios online, que com certeza estarão muito menores, diria há anos luz, dos custos com as OTAs.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.