7 bilhões de celulares no mundo

Mesmo assim mais da metade das pessoas no globo ainda não possui acesso a internet

Em 2015 o mundo ultrapassou a incrível marca de 7 bilhões de aparelhos celulares. Segundo a ONU, em 2000, o número de aparelhos celulares era de ‘apenas’ 738 milhões.

Desses 7 bilhões de aparelhos ativos o maior mercado é a China, seguidos por Índia, EUA, Indonésia e o Brasil em 5° lugar. A tecnologia 3G atinge agora 69% da população global, permitindo acesso também em áreas rurais onde geralmente há mais dificuldade de acesso.

Porém, a União Internacional de Telecomunicações, a UIT, alerta que 4 bilhões de pessoas ainda não estão conectadas à internet. Esses dados mostram que não apenas houve um rápido progresso tecnológico mundial, mas também a necessidade de desenvolver países mais carentes e com menos infraestrutura.

Após 2015, a tecnologia da informação e comunicação terá um papel muito significativo para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável proposto pela Cúpula das Nações Unidas em setembro desse ano.

Claro que há um grande problema a ser superado: velocidade. Em países como a Coreia do Sul e França a velocidade supera os 30MB por segundo e no Brasil, por exemplo, apenas 2MB por segundo. Um problema que o Brasil pretende começar a resolver em 2016 com testes da tecnologia 5G.

Em contrapartida linhas fixas perderam bastante espaço no mercado mundial. Elas ainda crescem, mas em um ritmo desacelerado de 7% ao ano. No Brasil a venda de telefones celulares pré-pagos teve uma queda de 2,2 milhões em outubro. Mais um dado que acompanha recesso que o país enfrenta.

Mas e você, o que espera da informação e comunicação no Brasil para 2016?

Fonte: União Internacional de Telecomunicações

2015-12-09 | 11:36:35 AM

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento