5 Truques psicológicos para aumentar seu engajamento na Internet

Como aumentar sua influência na rede e ampliar seu marketing com estas dicas simples de copywriting

Aumente sua influência na rede e amplie seu marketing com estas dicas simples de copywriting

Dizer as palavras certas e na hora certa é uma arte. Algumas pessoas fazem isto muito bem, os políticos, por exemplo, sabem usar de truques para escapar de perguntas e fazer com que vejamos sob o ponto de vista deles. Outras profissões fazem o mesmo, médicos, consultores, palestrantes... enfim... não se trata de persuasão, mas sim de comunicação eficaz. Frases motivacionais fazem isso muito bem também. Aliás, uma das grandes habilidade de um profissional de marketing é o copywriting. Há também os truques não verbais: inclusive há um livro muito bacana sobre isso. Mas como usar destas técnicas para aumentar o engajamento do seu público nas redes sociais? Eis algumas dicas:

1. Apresente-se com autoridade

Nós supomos que uma pessoa é uma autoridade apenas por pistas superficiais. O professor de marketing Robert Cialdini, em seu livro sobre influência, lista alguns desses sinais.

Estamos dispostos a agir diferente para atender grandes autoridades ... mesmo que isso signifique ferir os outros. Basta levar as conclusões do famoso experimento de Milgram, por exemplo, que analisou como os cidadãos, durante a Segunda Guerra Mundial, poderiam ter agido de forma desumana, sem quaisquer limitações de consciência e causar dor aos outros. Hitler é um caso de como uma autoridade muda a atitude de toda uma nação.

O experimento concluiu : "As pessoas comuns tendem a seguir as ordens dadas por uma figura de autoridade, até mesmo aa ponto de matar um ser humano inocente. A obediência à autoridade está enraizado em todos nós da maneira como somos criados. As pessoas tendem a obedecer às ordens de outras pessoas se eles reconhecem a sua autoridade como moralmente correto e / ou legalmente correto. Esta resposta à autoridade legítima é aprendido em uma variedade de situações, por exemplo, na família, na escola e no trabalho".

É claro que o exemplo dado acima não deve ser levado para o lado pessoal... por favor... foi apenas um exemplo. Mas a verdade é que: nós tendemos a acreditar naqueles que percebemos como uma autoridade.

E uma maneira de aumentar a sua influência sobre a mídia social é posicionar-se como uma autoridade, exibindo várias pistas, sugerindo autoridade em seu perfil. Veja como eu faço isso no meu perfil do Instagram:

marketing instagram

Mesmo que você não tenha publicado um livro, deve ter um cargo interessante, é de algum blog/portal, tem alguma especialidade... enfim... pense em algo que você pode se posicionar como certa autoridade.

2. Valide suas ideias com gráficos e dados - seja visual

Aqui está outro truque da mente: Uma imagem vale mais do que mil palavras Um estudo da Escola de Administração da Universidade de Minnesota descobriu que os apresentadores que usam recursos visuais são 43% mais eficazes no sentido de obter o entendimento do público (fonte).

Outros estudos descobriram que somos mais propensos em acreditar na publicidade de medicamentos se os mesmos são acompanhados por gráficos científicos. Mas o truque é ... o gráfico não precisa acrescentar nada de novo! Apenas ilustrar.

Para convencer sobre os resultados do meu curso de Inovação Digital, por exemplo, uso o gráfico do Google Analytics de um cliente para que o aluno visualize os resultados que pode atingir:

Resultados marketing digital

Isso é bem melhor do que eu simplesmente falar (ou escrever) os resultados, não acha? Visto a eficácia das imagens nas mídias sociais, você pode usar esse truque para o seu benefício: Toda vez que for publicar algo, pense em exemplificá-lo visualmente.

3. Seja só um pouco diferente

Já falamos sobre como se portar como autoridade em perfis de redes sociais. Mas ao fazê-lo, lembre-se sobre uma outra característica do comportamento humano: Nós preferimos pessoas que têm atitudes semelhantes a nós. Esse comportamento é chamado de Hipótese da Repulsão .

Segundo a teoria, desenvolvida pelo Dr. Michael Rosenbaum em 1986, semelhança não leva a gosto. Mas a atitude de dissimilaridade quase sempre leva a repulsão. Em outras palavras, quanto mais você vai se diferenciar de o público-alvo, menos provável são as chances de te seguirem. Outra teoria provando a existência deste traço psicológico é a Teoria da comunicação Alojada.

De acordo com a teoria, sempre que falamos com alguém, inconscientemente mudamos o nosso sotaque, palavras s e velocidade em que falamos para combinar com o estilo do outro. Fazemos o mesmo com comportamentos não-verbais. Além do mais, se você já notou alguém fazer isso quando fala com você, é um sinal claro de que gosta e está de acordo contigo. Em mídias sociais, isto significa nunca apresentar atitudes que contradizem as do seu público.

4. Compartilhe qualquer menções positivas de sua marca ou produto

Isto se chama prova social, vai além do que apenas mostrar quantos seguidores você tem. Você pode até não concordar, mas quando vemos que alguém assume algo ou um conceito publicamente, acreditamos que estão certos (aliás, vivemos na era da participação).

Naturalmente exibindo a prova social, você acrescenta credibilidade e autoridade para qualquer um que mostrá-la, constrói confiança e simplifica o processo de tomada de decisão (ou seja, sobre comprar sua ideia ou não). Há muitas formas de prova social, mas funciona particularmente bem quando você quer convencer alguém a sua autoridade e credibilidade, meus exemplos:

prova social exemplo

Você pode até achar que faço isso apenas para me gabar das realizações. Na verdade, uso menções positivas para oferecer a prova social que faz com que as pessoas acreditem nas minhas dicas e nos meus produtos.

Agora, se você usar a prova social de uma personalidade ou celebridade, aí você chega em um nível elevado para posicionar seu produto ou marca como autoridade. Então, da próxima vez que alguém mencionar sua marca ou produto, compartilhe a atualização em seus perfis sociais. Mesmo que isso signifique pouco, terá um enorme efeito sobre o seus seguidores.

5. Peça favores

É muito engraçado, mas quando fazemos um favor a alguém, tendemos a gostar mais deles. Você não faz favores para quem você não gosta. Esse comportamento é chamado de Efeito Benjamin Franklin, que disse: "Aquele que uma vez te fez um favor é mais propício para fazer-lhe novamente do que se o tivesse obrigado." Um estudo realizado por Jon Jecker e David Landy provou esta teoria.

Os pesquisadores convidaram estudantes para um concurso intelectual em que poderiam ganhar uma quantia significativa de dinheiro. Mais tarde, um grupo de estudantes foi abordado por um pesquisador pedindo para devolver o dinheiro, explicando que era seu dinheiro pessoal já que os fundos universitários eram insuficientes (Grupo A). Um segundo grupo foi abordado por um secretário e mais uma vez, pediu para devolver o dinheiro pois fundos do departamento de psicologia eram baixos (Grupo B). O terceiro grupo não foi abordado (Grupo C). Em seguida, todos os participantes foram entrevistados para ver o quanto eles gostaram do pesquisador. E o resultado: "Grupo B gostou menos do pesquisador do que Grupo C (pedido de favor muito impessoal que desagradou). Grupo A gostou mais do pesquisador do que o grupo C (pedido de favor foi mais pessoal e aumentou a preferência)." Como essa teoria pode te ajudar? Que tal pedir um favor? "Você pode avaliar isto para mim?" "Queria saber sua opinião..."

O que você acha?

Você usa algum dos já esses truques? Quero saber sua opinião ;) Deixe nos comentários.

Post Original: Marketing Sem Gravata

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento