5 recursos de marketing digital que sua empresa precisa implementar
5 recursos de marketing digital que sua empresa precisa implementar

5 recursos de marketing digital que sua empresa precisa implementar

Agora você vai poder implementar o marketing digital para sua empresa gerar ótimos resultados

Não é mais segredo que o marketing digital veio pra ficar, agora é hora de usar isso a favor da sua empresa.

O marketing digital vai além de ter um site e uma conta no Facebook para divulgar sua empresa. 90% das empresas já fazem isso (a maioria de maneira medíocre, mas fazem). E aquelas que nem isso tem, estão só adiando o inevitável.

Estabelecer o marketing digital da sua empresa é construir um estrutura que vai atrair novos clientes e mostrar como os seus produtos e serviços são incríveis.

1 - E-mail marketing

Todo mundo tem e-mail, seja profissional ou pessoal e usa esse recurso diariamente para se comunicar com pessoas e empresas.

O que nem todo mundo sabe é como usar essa ferramenta para se comunicar com seus clientes de maneira agradável e sem ser inconveniente.

Para usar o e-mail marketing para melhorar o relacionamento com seus clientes e prospects, você vai precisar dos seguintes itens:

Ferramenta de disparo de e-mail

Não é possível ficar enviando e-mails manualmente pra todo mundo que se inscrever para receber seu conteúdo. Pode ser fácil no começo, mas depois de algumas dezenas de pessoas será impossível.

Por este motivo, uma ferramenta de disparo de e-mail vai fazer esse trabalho sujo de forma automática e isso com certeza vai facilitar a sua vida.

Algumas ferramentas que você pode usar são:

Mailchimp – Uma das mais utilizadas ferramentas do mercado. Simples de criar suas campanhas e tudo em português.

Quanto custa? É gratuito até 1200 contatos na sua lista, depois vira pago, mas é barato se comparado a outras ferramentas.

Link de acesso (link afiliado) – Criando uma conta através deste link você ganha mais 30 $ para experimentar os recursos pagos.

Aweber – Ferramenta com opções avançadas e muitos recursos.

É usado em larga escala e costuma ser bem elogiado. Eu pessoalmente não vejo grande vantagem em relação ao MailChimp, mas é bom ter uma segunda opção.

Quanto custa? Gratuito para testar por 30 dias, depois o plano básico custa 15 $ por mês.

Lista de e-mail

A lista de e-mail é simplesmente a lista de contatos das pessoas interessadas em receber seus e-mails. As ferramentas de e-mail marketing conseguem gerenciar quem entra e quem sai da sua lista. O usuários normalmente se cadastram através de formulários no seu site e blog.

Importante!

Jamais compre listas de e-mail que espertalhões vendem. Essas listas são garimpadas de qualquer lugar e não tem exclusividade nenhuma, logo essas pessoas estarão recebendo SPAM de você e mais outras tantas empresas.

Isso só vai enfurecer os usuários e eles podem reportar seu domínio como spammer (aí você terá problemas até para mandar os e-mail sérios).

Você precisa construir sua lista com pessoas que querem mesmo receber conteúdo seu, isso nos leva ao próximo ponto...

2 – Conteúdo animal

Depois que você conquista a atenção da pessoa que quer receber seus e-mails, você precisa entregar algo de valor, que ajude a pessoa de alguma forma relacionada aos seus produtos e serviços.

Empresas caem na besteira de entulhar a caixa de entrada alheia como e-mails inúteis ou pouco úteis que gritam como: “Olha como nossa empresa é incrível”, “Olha como nossos produtos são genéricos e chatos”, “Ei! Quer uma propaganda ai?”, “Compre isso aqui sem eu nem te mostrar pra que serve essa porcaria”, e por aí vai.

Pensa comigo.

Você evitou a tentação de comprar uma lista de e-mail de terceiros, teve um trabalhão para conseguir gente interessada em receber seus e-mails para agora estragar tudo enviando e-mails ruins...

Nada bom. Não faça isso.

O que você precisa entregar é conteúdo que ajude as pessoas de uma forma relacionada com os seus produtos e serviços!

Crie uma rotina e envie coisas úteis como artigos, vídeos, e-books, dicas, palestras, etc.

Isso vai tornar o seu conteúdo relevante para o público e vai ajudar você a vender seu peixe mostrando do que você é capaz.

Se você tem um salão de beleza, pode criar conteúdo como:

  • Os cortes de cabelo ideais para cada formato de rosto
  • 10 penteados para ficar linda nesta estação
  • 3 rituais de beleza para rejuvenescer a pele do rosto

Se o caso é uma escola de inglês, envie conteúdo como:

  • Quais são os falsos cognatos e como evitá-los
  • 30 frases em inglês que você precisa conhecer para sua viagem de negócios
  • Os 12 erros mais comuns que você pode cometer quando está aprendendo inglês

Não é tão difícil pensar em conteúdo para o caso da sua empresa.

Seja útil para seus leitores antes de vender seus produtos e serviços!

3 – Presença online

Você já deve ter um perfil para sua empresa no Facebook, mas se não tem deve criar um agora mesmo!

Se ainda não tem, crie uma página agora mesmo clicando aqui!

Certifique-se de criar uma Fan-page (ou página) e não uma conta de usuário! Este é um erro bem comum que empresários cometem e faz com que eles pareçam bem amadores. Não cometa este erro também.

Se você já cometeu o erro de criar uma conta de usuário para sua empresa, ainda dá tempo de se redimir sem perder os fãs que já tem lá.

Migrar sua conta de usuário em uma página (Fan-page):

Acesso para migrar conta (Facebook)

Você vai perder o conteúdo postado, mas vai garantir que as pessoas que eram amigos da conta de usuário virem fãs da nossa página.

O Facebook é a mídia social mais utilizada, mas há outras que você deve estar presente com o seu negócio dependendo do tipo de ramo de atividade e público-alvo.

As principais são:

Google+ (pessoas e empresas)

Twitter (Micro blog)

Instagram (Foco em imagens e gráficos)

LinkedIn (Rede social de empresas e profissionais)

Pinterest (Foco em imagens e gráficos)

Tumblr (Blogs)

Lembre-se que o fundamento do marketing digital é estar presente no mundo digital, mas não só ocupando espaço e sim fornecendo algo útil para as pessoas.

4 – Site inteligente

Eu já citei lá no início que a sua empresa tem que ter um site, mas é sempre bom reforçar a ideia.

A sua empresa tem que ter um site!

Não existe presença digital sem que haja um site. Se as pessoas não encontram sua empresa na internet, é por que ela não existe.

E não é esta imagem que você quer passar, não é?

Porém, existe uma diferença entre ter um site e ter um site inteligente!

O site inteligente tem as seguintes características:

  • Painel de controle onde você consegue editar as páginas e conteúdo sozinho.
  • O site inteligente é preparado para ter mais destaque nas pesquisas do Google que vai levar mais público interessado para o seu site inteligente.
  • Ele é desenvolvido com linguagem robusta que traz mais segurança (para evitar invasões de hackers), rapidez (menor tempo de carregamento) e usabilidade (recursos que facilitam a vida do usuário).
  • Integração fácil pra coletar as estatísticas de acessos de visitantes.
  • Layout responsivo, que permite que usuários em tablets e smartphones também tenham uma boa experiência navegando pelo seu site.
  • Integração com seu blog e redes sociais.

Existem milhares de desenvolvedores e empresas que vão ficar felizes em ajudar sua empresa a ter um bom site.

Uma delas é a Revolutia, que eu recomendo não só por fazer parte, mas por acompanhar de perto o trabalho bem feito ;)

5 – Blog

Uma excelente forma de mostrar o quanto você tem de conhecimento ou quanto sua empresa é boa é criando um blog útil para o público-alvo (de onde vão surgir seus clientes).

O blog da sua empresa precisa estar integrado ao seu site para ser de fato, integrado com a marca da sua empresa.

O blog da sua empresa é algo que vai consumir tempo, mas deve ser feito desde já para que você crie um ritmo adequado e aprenda o que dá certo e o que não dá certo.

Os tipos de conteúdo que pode ter no seu blog

  • Dicas - Parecido com o que você vai usar nos seus disparos de e-mail
  • Vídeos – Pessoas adoram vídeos.
  • Bastidores – O que tem de legal na sua empresa pra ser mostrado?
  • Podcasts – Ótima maneira de transmitir conhecimento, ouça por exemplo o Gestão Inteligente Podcast
  • Infográficos – Quem não gosta de gráficos bem produzidos que tenham informações úteis?
  • Entrevistas – Quem são os pensadores da sua indústria? Entrevistas com escritores ou grandes nomes fortalecem a reputação da sua empresa.

3 pontos de atenção para seu blog dar certo

  • Periodicidade – Tem que haver certa regularidade, de preferência diária, mas no mínimo semanal para não juntar poeira e afastar o público
  • Qualidade – Deve existir uma preocupação com a ortografia, coerência dos textos e qualidade geral da produção do conteúdo (vinhetas, design, imagens, etc). É a imagem da sua empresa que você está apresentando.
  • Vender! Vender! Vender! – Você deve utilizar menos possível o blog para fazer sua propaganda e o mais possível para trazer informações úteis. A proporção ideal é no máximo 20% para autopromoção e 80% para conteúdo útil.

Conclusão

O marketing digital abre muitas oportunidades para sua empresa criar diferenciais e superar a concorrência, mas não é tão simples arrancar resultados.

O lado bom pra você é que muita empresa está atuando no marketing digital “nas coxas” e se a sua empresa se posicionar com qualidade e conteúdo de fato, eu tenho certeza que ela vai gerar ótimos resultados.

Concentre-se no seu público.

Estabeleça a presença online da sua empresa.

Ensine o que você sabe!

Resolva os problemas dos seus clientes!

Deixe um comentário abaixo, eu quero saber por onde você vai começar!

Quero que o marketing digital mude a sua empresa para melhor, quero que este seja o início de uma revolução dentro da sua empresa!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento