5 formas de utilizar o Marketing Digital para trazer frequência ao varejo físico no Natal

Como trazer clientes para dentro da loja com investimentos mais otimizados e inteligentes em comunicação e marketing?

Mesmo em momento de crise, o Natal continua forte como a data mais importante do varejo brasileiro. A expectativa da Confederação Nacional do Comércio de Bens e Serviços (CNC) é de que, apesar de uma projeção de recuo de 4,8% em relação a 2014, a data movimente R$ 31,76 bilhões esse ano. E as oportunidades para o varejo se apresentam em todos os principais setores - de vestuário a brinquedos, sem esquecer dos cosméticos, perfumes, eletrônicos, móveis, artigos de uso pessoal e alimentos.

Décimo terceiro no bolso, mais pessoas nas ruas e nos shoppings, busca por presentes de última hora, produtos com ofertas de ocasião… Tudo parece conspirar positivamente ao varejo físico, mas como oportunizar a grande frequência nos centros comerciais para converter em vendas e fechar o ano no positivo? Melhor ainda, como trazer clientes para dentro da loja com investimentos mais otimizados e inteligentes em comunicação e marketing?

Muitas empresas ignoram as mudanças no comportamento do seu público e investem em ações que não são mais tão efetivas, tampouco inovadoras. Ainda se investe em flyers que irão para o lixo valores que poderiam ser empregados para fazer sua comunicação chegar nas mãos do cliente, em seu dispositivo móvel, por exemplo.

Pensando nas possibilidade que o Marketing Digital oferece com baixo custo ao varejo, listei cinco formas de utilizá-lo como um impulsionador de tráfego às lojas físicas neste período de festas de fim de ano. Vamos a elas:

1. Use o Google Meu Negócio Para Ser Mais Facilmente Encontrado por seus Clientes

Independente de você ter ou não um site oficial, integrar seus canais oficiais com as ferramentas do Google auxiliam enormemente em sua indexação e na facilidade de ser localizado por seus clientes. Muitos clientes utilizam o Google para buscar por sua loja e ter um bom card otimizado no resultado da busca auxilia a mostrar de imediato aos seus clientes informações sobre horários de funcionamento, endereço e contatos.

Outro aspecto positivo é que clientes que procurem por sua categoria específica, pelo celular, podem receber sua loja como resultado, caso estejam perto de você. Com os novos assistentes de voz dos celulares Android, integrados à ferramenta de busca do Google, uma simples consulta pode retornar, inclusive, a rota para chegar à sua loja. Desta forma, se facilita o acesso tanto a clientes existentes e pessoas que já conhecem sua loja como, também, se favorece a prospecção de novos clientes.

A melhor parte é que o Google Meu Negócio é gratuito para cadastrar, embora eu aconselhe que sua loja procure uma assessoria de uma agência digital, que pode estudar os melhores termos e tendências de busca para favorecer sua exibição dentro de sua categoria específica.

2. Explore as Mídias Sociais Para Estreitar Relacionamentos e Gerar Lembrança de Marca

As Mídias Sociais podem ser um canal eficiente para a prospecção de clientes e incentivo a frequentar a sua loja. Mas é preciso ter em mente que as mídias sociais são um canal de relacionamento e não de propaganda. Seu cliente tende a achar sacal seguir uma marca que só utilize suas redes sociais para postar fotos de produtos o tempo todo.

Pense nas midias sociais como serviço, com dicas de como seus clientes podem usar seus produtos, com conteúdos que os agradem. Ofereça seus produtos dentro de uma lógica de promessa de experiência: o home theater que você está vendendo não é simplesmente o home theater que pode ser comprado a perder de vista mas, mais que isso, o home theater que pode transformar a sala de seu cliente em uma sala de cinema. Alterne suas promoções com conteúdos que falem ao seu público. E não esqueça de estimular a frequência à sua loja em seus posts.

Os conteúdos são um gancho, mas você e sua força de vendas precisam estar preparados para transformar essa relação de engajamento entre seu consumidor e sua marca em uma experiência que seja condizente com essa expectativa.

3. Incentive Check-Ins e Marcações em sua Loja Física

Às vezes um cafezinho e um sorriso são uma excelente ferramenta à disposição de seu vendedor. Um mimo dado ao cliente deixa a pessoa confortável, satisfeita, simpática ao seu negócio e favorece a conversão da venda.

Uma possibilidade é condicionar alguns mimos especiais ou pequenos descontos ao fato de o cliente fazer check-ins ou marcações em sua loja. Vale check-in no Facebook ou fotos no Instagram com marcação de local. Agradeça sempre a disponibilidade de seu cliente que se dispôr a executar tal ação, uma vez que com esse gesto ele referencia sua loja aos seus amigos, favorecendo sua prospecção de novos clientes.

4. Invista em Anúncios Geolocalizados no Facebook ADs

Se sua empresa só usa como possibilidade de anúncios no Facebook a alternativa dos Posts Promovidos, você não está explorando nem 10% do que poderia. A plataforma de anúncios do Facebook oferece inúmeras possibilidades e uma delas é extremamente oportuna aos negócios locais: a possibilidade de segmentar geograficamente seus anúncios.

Sua empresa pode aproveitar um raio próximo ao centro comercial para divulgar diretamente aos celulares de quem se encontra próximo. Desta forma, alguém que esteja próximo ao shopping receberá em sua linha do tempo um anúncio que apresenta sua loja como alternativa para as compras.

Lembre-se sempre que essa opção deve ser utilizada com anúncios que façam menção à proximidade, para assim estimular o senso de oportunidade, fazendo o cliente se dirigir ao seu negócio. Quase um Call-to-Action do mundo real. "Presentes para o amigo secreto? Aproveita que estamos perto de você, aqui no bairro X, e corre na nossa loja", por exemplo.

5. Explore os Leads de sua loja no Facebook ADs

Você passou o ano inteiro capturando leads de seus clientes, correto? Está na hora de aproveitar esse banco de dados de forma eficiente ao seu negócio, além da óbvia utilização para contactar clientes pelo Whatsapp.

A plataforma de anúncios do Facebook permite que você suba uma base própria, a partir de seu CRM, e crie um público personalizado para seus anúncios. Bases com e-mails ou números de telefone podem ser importados na ferramenta e, se forem as formas de acesso do seu público ao Facebook, convertidos em uma audiência personalizada.

Desta forma, você pode fazer campanhas segmentando seus anúncios de oportunidade diretamente a pessoas que já são seus clientes ou compraram alguma vez em sua loja. Um público com mais chance de voltar a converter, caso a experiência anterior tenha sido positiva.

Mas, mais uma vez, se você for explorar essas possibilidades, é recomendado contar com a assessoria de alguma agência que possa desenvolver essas campanhas aproveitando todos os recursos da plataforma ao mesmo tempo em que otimiza a sua verba, para que você possa ter o melhor retorno. Não basta ter o público segmentado se a mensagem não chegar a eles de forma que estimule a visita à loja.

Espero que essas dicas tenham sido úteis para você. Se você empregar alguma delas em sua loja, gostaria muito de receber um feedback contando de sua experiência e dos seus resultados. Se você gostou desse artigo, recomende aos seus amigos em suas redes sociais.

E boas vendas neste natal!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento