5 dicas para ter um segundo semestre de 2015 mais produtivo

Aprenda através de cinco valiosas dicas como ter um segundo semestre mais produtivo alcançando suas metas pessoais e objetivos

Chegamos à metade de 2015 e estamos todos invadidos por uma avalanche de notícias negativas. Corte de gastos do governo, aumento de impostos, elevação de tarifas, alta dos juros e corrupção nas instituições públicas se tornaram termos comuns no noticiário diário. Temos a sensação de que até o fim de outubro do ano passado vivíamos em um Brasil e que de janeiro para cá passamos para outra realidade.

Sem entrar nos acalourados debates econômicos e políticos que tomaram as redes sociais, nesse artigo vamos conversar um pouco sobre como trabalhar com suas metas pessoais em um ano que parece ser tão conturbado desde o início.Sim, estamos na metade do ano e não no início, mas te convido a fazer uma importante reflexão sobre sua vida nesse primeiro semestre e à partir disso encarar esse segundo semestre como uma nova etapa, onde antigos hábitos prejudiciais serão mudados e uma nova etapa se estabelecerá para você.

É importante sabermos que a situação do país atinge nossa vida diária sim, em maior ou menor grau, porém não podemos nos furtar da responsabilidade exclusiva que cada um de nós tem de alavancar os objetivos pessoais, de tomarmos as rédeas de quem somos e onde queremos chegar. Pensando nisso, abaixo estão cinco dicas para te ajudar a ter um segundo semestre mais produtivo na condução de suas metas pessoais, confira:

1 – Não tenhas dúvidas sobre sua capacidade de avançar

Qando o ano começa e estabelecemos objetivos, pensamos em tudo aquilo que pretendemos alcançar, em todas as coisas incríveis que queremos fazer, em todas as possibilidades que pretendemos explorar, ou seja, estamos motivados e sabemos que esse ano será um ano de mudanças. Passam os dias e as semanas e lá estamos nós, engolidos pela rotina, atordoados com tantas notícias negativas e frustrados com a nossa vida, que permanece exatamente igual ao que estava até o dia 31 de dezembro do ano passado.

É importante que, antes de fazermos qualquer projeção sobre todas as coisas incríveis que queremos alcançar, façamos antes um exercício de eliminar todas as dúvidas sobre nossa capacidade individual de promover mudanças e alcançarmos grandes realizações. Tantas vezes ficamos observando as conquistas de outros, sejam eles pessoas famosas ou pessoas próximas de nós e nos sentimos incapazes de realizarmos algo, nos perguntamos “como essa pessoa consegue alcançar isso?” ou “será que sou realmente capaz de ter sucesso nisso igual aquela pessoa?”, é como se sentíssemos que todos conseguem avançar e nós estamos ali, parados no mesmo lugar.

É preciso eliminar de vez as dúvidas que carregamos sobre quem somos e o que podemos fazer. A capacidade de cada ser humano é única e não faltam exemplos de que, independentemente das condições que o cercam, você é totalmente capaz de realizar grandes coisas em sua vida, de alcançar grandes objetivos, de trabalhar firme em prol desses objetivos. Portanto faça um exercício pessoal de todos os dias ao se levantar, pensar em todos os seus principais objetivos de forma clara. Seja detalhista, é uma empresa que você quer criar? Um concurso que você quer passar? Uma carreira profissional que você quer começar? Uma pessoa que você quer se relacionar amorosamente?

Faça uma lista mental clara sobre cada uma dessas coisas que você quer alcançar, após isso, concentre-se no que você fará em seu dia em prol desses objetivos. Por menor que seja sua ação no dia em prol disso, concentre-se nisso, seja ler um capítulo de um livro, assistir uma vídeo-aula, ler um artigo de um site, não importa, concentre-se nessas atividades que você pretende fazer durante o dia.

Faça uma auto-análise e pense em cada uma das suas habilidades que vão te auxiliar nas atividades que você irá desenvolver no dia, pense nessas habilidades, se possível lembre-se de todas as vezes que você utilizou essas habilidades e se destacou nelas, ao pensar nisso você cria uma motivação interior muito grande e consegue deixar as dúvidas sobre suas capacidades pessoais muito menores.

Ao longo do dia repita esse pequeno exercício várias vezes que tiver um tempo livre ou quando surgir o desânimo ou a dúvida. Através dessa prática aparentemente simples, você consegue se concentrar no que importa, que são exatamente seus objetivos, seus passos rumo a esses objetivos e os pontos fortes em você que o ajudam a dar esses passos.

2 – Faça uma lista dos seus objetivos para o próximo semestre

Já faz alguns anos que tenho comigo uma prática muito valiosa: todo final de ano eu faço uma lista com meus objetivos para o ano seguinte, ou seja, meus alvos em várias áreas da minha vida para o ano que se inicia. A cada ano que passa, busco melhorar essa prática, de forma que eu consiga gerenciar melhor essa lista ao longo dos dias e ao final do ano, conferir tudo que consegui alcançar.

Passei a adotar essa mesma prática no inícios de semestres, tenho encarado cada período de seis meses como um novo “ano” onde preciso avaliar metas anteriores e estabelecer novas metas pessoais. Talvez você já tenha essa prática também, mas um grande problema da maioria das pessoas que fazem listas de objetivos é que elas simplesmente não olham mais a lista e com o passar do tempo, se esquecem de gerenciar aquelas metas.

As pessoas vão se esquecendo do que estabeleceram como alvo, outros “alvos” vão surgindo e quando chega o fim do ano, não conseguem medir o que tinham como objetivo e nem quanto daquilo foi alcançado ou não. O grande problema é que quando você não gerencia suas metas, você cria espaço para a desmotivação e a preguiça. O tempo vai passando e você, sem perceber, vai ficando refém do seu próprio descuido, quando se dá conta dezembro chega novamente e lá está você, com aquela velha sensação de que o ano passou e você não fez nada.

É muito importante que você crie uma lista de objetivos claros sobre tudo aquilo que você pretende alcançar em cada uma das áreas de sua vida: financeira, profissional, relacionamentos, espiritual, etc. A partir do momento que você determina esses objetivos, você deve ver essa lista preferencialmente todos os dias e traçar detalhadamente ações que o ajudarão a alcançar cada uma dessas metas.

Com o passar do tempo você vai gerenciando essas metas e estimando quanto de cada uma delas está sendo possível alcançar, ou seja, você está mais perto ou mais longe daquela determinada meta? O que você tem feito diariamente para alcançar cada meta? O que tem te atrapalhado e o que tem te ajudado a alcançar suas metas? Ao fazer essa análise diária e se fazer essas perguntas, você se vê concentrado na sua lista durante o ano todo e certamente terá chances maiores de chegar ao fim do ano tendo alcançado grande parte delas.

No final do ano você fará uma análise elaborada de sua lista de objetivos e, observando seu progresso em cada um desses objetivos, vai se sentir muito mais motivado no fim do ano, com a sensação de dever cumprido naquelas metas que você alcançou plenamente e com muito mais ânimo para batalhar no ano seguinte pelas metas que você não alcançou da forma que gostaria.

3 – Livre-se dos hábitos tóxicos que te paralisam

Para alcançar seus objetivos você precisa empreender ações diárias que te aproximem deles, porém existem hábitos que te atrapalham muito na condução dessas ações. São hábitos tóxicos, que te impedem de trabalhar pelos seus sonhos, que te param, que fazem você chegar ao final do dia frustrado por não ter dado os passos importantes que você gostaria de ter dado naquele dia.

Preguiça, procrastinação, redes sociais, sono excessivo, dentre outros, são hábitos que vão se tornando parte da sua vida diária sem que você perceba a gravidade deles, mas que após um longo prazo você percebe o quanto não avançou por se entregar a esses hábitos. A grande dica é: ELIMINE OS HÁBITOS TÓXICOS DA SUA VIDA, seja radical com todos os hábitos diários que te afastam das suas metas e objetivos. Analise seu dia a dia e anote cada um dos hábitos que você sabe que te afastam das suas metas, após isso substitua cada um desses hábitos por ações que te aproximem dessas metas.

Troque uma hora de sono na tarde de sábado pela leitura de um artigo na internet que tenha a ver com seu desenvolvimento pessoal, troque duas horas de redes sociais por duas horas de estudo concentrado da matéria de uma prova que você irá fazer, troque uma noite preguiçosa no sofá vendo jornal ou seriados por uma ida a algum evento ou palestra sobre empreendedorismo. Não tolere nem mais um dia em sua vida de hábitos tóxicos.

4 – Coloque disciplina no seu dia a dia

Disciplina é a capacidade de fazer algo, mesmo que você não queira fazer mas que você sabe que é necessário. Não é segredo que as pessoas de alto desempenho, os grandes atletas, os grandes empresários, os que alcançam as melhores colocações em concursos públicos muito concorridos são pessoas altamente disciplinadas. Sem disciplina é impossível que você alcance plenamente suas metas.

Aprenda a colocar a disciplina no seu dia a dia, torne-se uma pessoa disciplinada com seus horários, com suas atividades, com seus compromissos pessoais. Não abra mão de ser produtivo em suas metas por culpa da indisciplina. Infelizmente a maioria de nós não aprendeu desde a infância a cultivar a disciplina como atributo permanente no nosso desenvolvimento e isso se reflete exatamente em uma vida de resultados pífios, em que desejamos muitas coisas, porém não conseguimos alcançar quase nada. Nesse novo semestre faça da disciplina uma companhia diária e você terá muito pra comemorar a cada passo que der rumo aos seus objetivos.

5 – Seja bem humorado

Por pior ou mais estressante que seja o seu dia, ser mal humorado te afasta das suas metas, a razão é simples: o mau humor destrói sua motivação e sua visão de longo prazo. O bom humor ajuda a lidar com as pressões da vida, com os problemas que surgem no dia a dia, nos tornamos pessoas leves e ao mesmo tempo somos mais agradáveis com aqueles que convivem conosco.

Ser bem humorado não significa que você não irá encarar as situações com a seriedade que elas merecem, também não quer dizer que você fará piadas o dia todo ou irá rir de tudo. Ser bem humorado significa que você optou por viver a vida de uma maneira alegre, encarando as situações com menos rigidez, significa principalmente que você não quer ser uma pessoa azeda com a vida. A cada dia escolha se levantar e deitar com bom humor, escolha caminhar rumo aos seus alvos com alegria, sabendo que cada passo que você dá é um obstáculo a menos rumo ao cumprimento das suas metas. Se você é uma pessoa que se acostumou a ser ranzinza, mude isso hoje, escolha mudar essa forma de encarar a vida e você perceberá que tudo ao seu redor parecerá muito mais fácil de lidar, mesmo nos momentos de maior pressão ou desânimo.

Construa a vida que você quer viver

Espero que através dessas dicas você possa ter muito mais produtividade no seu segundo semestre de 2015 e que isso te ajude muito a alcançar suas metas pessoais. Lembre-se que você é absolutamente responsável por seu sucesso ou fracasso e, mais do que isso, você é o único que pode determinar com propriedade o que é sucesso e o que é fracasso em sua vida. Gere resultados de excelência ainda nesse ano e tenha muito a comemorar em dezembro de 2015.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento