5 dicas para dominar TI em 2016

Quer saber tudo sobre como será 2016 para área de TI? Então leia esse artigo!

Todo final e início de ano aparecem as previsões do que será tendência pelos próximos 12 meses - e isso acontece em praticamente todos os setores. Portanto, com a Tecnologia da Informação não seria diferente. Para que você saiba no que ficar de olho em 2016, nós separamos 5 tendências que merecem a atenção de quem quer dominar o que será mais relevante na TI esse ano.

1 - “Malha dos dispositivos” e a Internet das Coisas (IoT)

Embora nem nos demos conta no cotidiano, estamos cada vez mais envoltos nessa “malha de dispositivos” - como chamou a Gartner, uma das empresas mais relevantes no setor de TI em todo o mundo. Entre eles estão todo e qualquer dispositivo que nos permita acessar aplicativos, informações diversas ou interagir com pessoas (smartphones, tablets, notebooks, smartwatches, entre outros).

Em 2016, a tendência é que essa malha cresça - tanto em tamanho quanto em importância e funcionalidade - ainda mais e por consequência crie novos modelos de conexão que teriam uma integração cooperativa expandida. Dentro desse processo todo, também estaria envolvida a chamada Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês), com dispositivos diversos conectados à web - desde carros e TVs até geladeiras e fogões.

2 - Experiência do usuário

Mas de que adianta todo esse acesso a diversos aparelhos e dispositivos, quase que em qualquer lugar, se no fim das contas o usuário não tiver uma boa, eficiente e ágil experiência? Essa é a pergunta que guiará boa parte do trabalho de TI em 2016; uma das tendências do ano é priorizar cada vez mais a experiência de quem usará aparelhos, aplicativos, ferramentas etc.

O grande desafio nesse contexto é pensar na atual mobilidade frenética dos usuários, na estratégia de multiplataforma. E não apenas de aplicações compatíveis com vários sistemas e dispositivos, mas que também possam ser iniciados em uma plataforma e continuados em outra.

3 - Não só armazenar, mas analisar dados

Em 2015 você com certeza deve ter ouvido falar em cloud computing (a chamada tecnologia da nuvem) e big data. Ou seja, a grande quantidade de armazenamento de dados - e a demanda por novas formas de fazê-lo - não é uma novidade ou tendência de 2016.

No entanto, esse ano o importante não será apenas guardar informações, mas principalmente analisar e interpretá-las. Portanto, em 2016 muita da atenção - e do investimento - na área da tecnologia da informação terá seu foco voltado para estratégias de análise de dados se valendo da nuvem e do big data. Entender o comportamento dos usuários e de como as pessoas usam e se relacionam com a tecnologia será um diferencial fundamental.

4 - Segurança

Há muito se ressalta os perigos da vida cada vez mais ininterruptamente conectada que levamos. Com informações delicadas como, por exemplo, dados bancários dispostas na rede, é cada vez mais fundamental que a segurança da informação seja o mais eficiente possível.

Porém, isso não significa apenas desenvolver softwares e técnicas para garantir a segurança da informação através de máquinas - as empresas de TI também despertaram para a importância de treinar seu pessoal. Essa será uma das maiores tendências de segurança na tecnologia da informação em 2016: funcionários atentos para descuidos de segurança e a busca incessante e criteriosa por profissionais qualificados também nesse aspecto.

5 - Impressão 3D

Em 2015 a impressão 3D surpreendeu muita gente com projetos eficientes e diversificados - indo de próteses mecânicas até veículos e mesmo residências. Atualmente, essa tecnologia já consegue trabalhar com materiais como vidro, ligas avançadas de níquel, fibras de carbono e outros, e a tendência é que esse setor cresça ainda mais em 2016.

A previsão é que a impressão 3D acabe se expandindo na medicina, mude o setor automotivo e chegue até a áreas como o segmento espacial. Para isso, será preciso que a TI repense os processos de linha de montagem e na cadeia de suprimentos, além de, claro, elaborar formas de utilizar essa forma de manufaturação no seu funcionamento.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento