5 conselhos práticos para entrar no radar da promoção

Quantas vezes você sonha acordado sobre aquela promoção, o aumento de salário e benefícios e tudo o que poderia gerar para sua família em questão de conforto, segurança e oportunidades?

Estávamos em um programa de rádio, conversando sobre as possibilidades e oportunidades do mercado, sobre como podemos agir para termos nossos sonhos realizados e como podemos alcançar uma vaga de função gerencial.

Nessa oportunidade, recebi uma solicitação de uma ouvinte. Ela queria algo bem prático e que fosse fácil de assimilar. Também me pediu que fossem poucos conselhos, mas poderosos:

  1. Faça bem feito seu trabalho, seja lá qual for – Independente do que está fazendo, não admita nada que fique abaixo do melhor. A análise é simples: se você não consegue fazer as tarefas simples como varrer um chão ou uma conciliação bancária, ninguém terá coragem de lhe confiar tarefas mais importantes;

    radar-promocao

  2. Escreva bem, fale bem – Essas habilidades são obrigatórias. Aqueles erros de português em memorando ou e-mails são catastróficos para sua imagem. Escreva e releia o que você escreveu antes de enviar, reduza termos chulos e coloquiais, inclusive em suas falas e lembre-se de que a habilidade de escrever e falar é proporcional a leitura. Então, se você não se dedica a esta última, dificilmente terá resultado nas anteriores. A escrita empresarial também é muito diferente de bate papo pela internet. Sugiro um livro sobre modelos de cartas. Isto irá lhe ajudar muito;
  3. Conheça todas as operações e departamentos de sua empresa – Quanto mais conhecer os departamento e processos da empresa em que trabalha, melhor será sua visão do todo, mais apto estará para encontrar soluções que vão a favor do resultado final, mais valor poderá gerar e também estará se preparando para oportunidades na empresa como um todo;
  4. Faça o que tiver que ser feito – Geralmente temos tendência a escolher os trabalhos que achamos mais prazerosos e deixamos o resto de lado. Aí fazemos estes de última hora e com pouca atenção, resultando em maior possibilidade de erro. Identifique no seu departamento o que ninguém quer fazer, dedique-se a descobrir a melhor forma de produzir o resultado esperado e em breve será visto por seus chefes. A lógica é: “se consegue resolver isso, ou seja, se faz isso com prazer, fará as outras coisas que necessitamos”.
  5. Primeiro o arroz com feijão – Observo funcionários que querem se dedicar a procurar a solução de todos os problemas, entram em confronto com outros colegas de trabalho, dão opiniões e palpites de forma agressiva, encontram o erro no trabalho do outro, mas, se quer completaram suas tarefas. Seus trabalhos ficam abandonados na mesa. O primeiro é realizar o básico, o arroz com feijão. Depois vem o incremento de valor, por partes e em forma de graduação.

radar-promocao2

Acredito que tenha se identificado com os conselhos acima. Na realidade, é mais fácil atribuir erros aos nossos colegas de trabalho, do que a nós mesmos. Mas será que estamos bem em tud
o? Será que não existe uma margem para crescimento e desenvolvimento? Como você pode ser melhor do que ontem?

Acesse http://universidadedogerente.com.br/

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento