446 mil acidentes de trabalho em 2018: quais deles poderiam ser evitados?
446 mil acidentes de trabalho em 2018: quais deles poderiam ser evitados?

446 mil acidentes de trabalho em 2018: quais deles poderiam ser evitados?

Acidentes com Vale e Flamengo reabrem debate sobre segurança no ambiente de trabalho

Dados do Ministério do Trabalho apontam um crescimento no total de acidentes de trabalho registrados em 2018, comparado com 2017. Os últimos 12 meses registraram 446 mil ocorrências contra 450 mil do ano anterior.

O Ministério do Trabalho promove a Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Canpat) que estabeleceu o Abril Verde, mês de conscientização com fiscalização e treinamentos para reduzir o total de acidentes de trabalho, evitando ainda a perda de vidas.

Neste começo de 2019 já vimos os casos da Vale, com o acidente em Brumadinho, e do Flamengo, com o acidente ocorrido no alojamento dos juniores. Estes dois últimos acidentes de trabalho foram todos com vítima e é neste ponto que quero iniciar o debate.

Como sua empresa se protege para evitar acidentes de trabalho? Quanto você gasta (perde) por ano com este tipo de ocorrência?

Os acidentes de trabalho não são exclusivos de um único setor de atuação. Existem ocorrências graves em serviços, em hospitais, na agricultura, transportes, esportes, agentes financeiros e comercio, apenas para citar alguns exemplos.

Ocorrências mais comuns de acidentes de trabalho?

Existem vários tipos de acidentes de trabalho, mas alguns deles poderiam ser evitadas e que, todos os anos, provocam a maior quantidade de ocorrências:

  • falta de manutenção de equipamento
  • falta de instrução
  • falta de atenção

E todos estes itens acima provocam afastamento do trabalho, indenização, prejuízo com equipamentos e, consequentemente, redução no potencial produtivo da sua empresa. Ou seja, perda de receita.

Bom, eu te disse que eles podem ser evitados, mas você não sabe como isso seria possível, acertei?

“Não lamente o acidente que já aconteceu, comemore o acidente que você foi capaz de evitar.”

Uma vez eu li essa frase acima sobre segurança no trabalho, ela é muito verdadeira. Acidentes podem acontecer por culpa do acaso, mas os três casos que apresentamos antes podem ser evitados ou reduzidos.

A empresa deve enxergar a segurança no trabalho como item primordial na obtenção de lucro. Sim, o seu pensamento deveria ser: “quanto menos ocorrências eu tiver, maior será a produtividade do meu time”.

Como evitar acidentes de trabalho?

Os três tipos que comentamos acima podem ser evitados ou reduzidos se você adotar uma postura mais preventiva e atuar para capacitar sua equipe quanto ao uso dos equipamentos industriais e de segurança.

Como evitar acidentes provocados por falta de manutenção de equipamento?

Seja por falta de óleo, por corrosão, por infiltração ou mesmo por uso inadequado, os equipamentos da sua empresa precisam de manutenção constante.

Uma porta que começa a emperrar, um elevador que trava constantemente, uma empilhadeira com botões queimados ou muitos outros problemas pequenos que vão surgindo no dia a dia, se não tiver uma pessoa para observar e pedir a correção dessas falhas, infelizmente sua empresa estará apenas atuando em um campo minado.

Como evitar acidentes provocados por falta de instrução?

Muitas vezes os funcionários são surpreendidos com novos equipamentos e que eles não entendem o seu uso correto ou a importância da sua aplicação na rotina. Assim foram os cintos de segurança, com muita gente jogando contra, disfarçando o seu uso diariamente.

O mesmo acontece com os Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Porém, quando falo em falta de instrução, vai muito além dos equipamento individuais. Jovens profissionais que “brincam” com as empilhadeiras, outros que mexem em cabos elétricos e ainda aqueles que descartam incorretamente produtos químicos.

A sua empresa tem uma grande responsabilidade em acompanhar, monitorar e ensinar aos diversos funcionários como usar corretamente os equipamentos e também a importância deste uso para evitar pequenas lesões ou acidentes de trabalho com maior gravidade.

Como evitar acidentes provocados por falta de atenção?

Este é o tipo de acidente que gera mais revolta, mas também pode ser evitado. Funcionário displicente ou sobrecarregado tende a perder o foco na atividade que está exercendo.

Junte a essa falta de atenção uma garrafa de água ou um copo de café em local não apropriado. Água e café derramados em equipamentos eletrônicos são algumas das ocorrências mais comuns em escritórios e fábricas de todo o país.

E se aquele equipamento danificado estiver em uso, sem uma manutenção preventiva, a possibilidade é muito grande de afetar o seu funcionamento, provocando a sua interrupção ou acidentes por uma falha técnica.

Hora de fazer um balanço

No ano passado, quanto sua empresa deixou de lucrar ou teve de prejuízo por um funcionário afastado ou equipamento parado? Coloque isso na ponta do lápis.

Depois, avalie o trabalho de manutenção, instrução e monitoramento para evitar que estes tipos mais comuns de acidentes de trabalho aconteçam.

Ao fazer essa equação, perceberá que o serviço de manutenção é inferior a 10% daquilo que você teve que gastar ou deixou de lucrar por causa dessas ocorrências.

Ou seja, investir em manutenção preventiva é um tipo de investimento que gera lucro para sua empresa.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.
    Mayk Souza

    Mayk Souza

    Sou proprietário da agência de marketing de conteúdo http://coesao.com.br , empresário, jornalista
    café com admMinimizar