4 sinais de que a sua carreira está fadada ao fracasso

Você gostaria que sua carreira profissional desse um salto em menos de um ano, ou talvez seis meses ou quem sabe em um mês? Claro que gostaria! Porém, é bem provável que você não dedique o tempo necessário para trabalhar sua carreira ou até não esteja disposto para isso

Você gostaria que sua carreira profissional desse um salto em menos de um ano, ou talvez seis meses ou quem sabe em um mês? Claro que gostaria!

Porém, é bem provável que você não dedique o tempo necessário para trabalhar sua carreira ou até não esteja disposto para isso. Reconhecimento no mercado, bem-estar financeiro, tornar-se gestor de uma organização ou ter o negócio próprio podem ser o indicador do sucesso para alguns. Para outros, a ideia de sucesso está ligada em apenas ter mais tempo para a família e trabalhar menos. Bem, independentemente do que você julga obter sucesso, é necessário ficar ligado em alguns sinais que podem levar sua carreira ao fracasso.

Confira os 4 sinais e não coloque-os em prática, nunca.

  1. Síndrome do Sofá

Você passa oito horas trabalhando incansavelmente, faz uso do transporte público ou de veículo próprio para retornar a sua residência. Seu único pensamento está em chegar em casa, sentar ao sofá, ligar a televisão, esperar para ver o que acontece e então dormir. O tempo passou e você não evoluiu, apenas permaneceu inerte, sem adquirir nenhum novo conhecimento. Provavelmente isso irá tornar-se um hábito, então, comece a usar o acrônimo LBC (Levanta a Bunda da Cadeira).

  1. Utilizar como desculpa o uso das redes sociais para o trabalho

Criar uma rede de relacionamentos é algo essencial, mais do que isso, ter inúmeros amigos ou seguidores é algo que fascina até os mais incrédulos. Mas, existe tempo para tudo e para todos. Caso sua resposta ao ser indagado sobre o tempo que passa conectado as redes sociais, for essa: “- Utilizo as redes sociais para trabalhar”. Bem, é melhor tratar de focar em outro conteúdo mais relevante, você pode estar boicotando sua própria carreira.

  1. Perda constante de foco

Você começa a ler um livro e de repente já está olhando para seu pé que está balançando, ou pior, você lê três páginas e começa a se perguntar quantas restam para finalizar o capitulo ou livro. Atenha-se ao que está fazendo no momento.

  1. Síndrome do anoitecer de domingo

Quando o relógio marca 17h você começa a entrar numa depressão profunda, pois o “Domingão do Faustão” deu início, logo em seguida é o “Fantástico” e você coloca a mão na cabeça e diz: “- Meu Deus, amanhã é segunda, tenho que trabalhar”. Lamento informar, mas, caso esteja passando por isso, é melhor desistir deste "emprego", pois as chances de você está sendo improdutivo em sua função, são de 99,9%.

É possível que você esteja emitindo alguns desses sinais neste momento, e isso já é um indicador que sua carreira está fadada ao fracasso. Então, crie hábitos que melhorem os seus resultados de forma significativa, orientada para o sucesso e a vida em abundância. Mas não deixe que seguir algumas dicas:

  • Crie uma rotina de trabalho: criação de um Plano de trabalho que contribuirá para a sistematização e organização dos processos.
  • Acompanhe e adapte-se às mudanças do mercado: é de extrema relevância que o profissional acompanhe às novas tendências do mercado para o segmento em que atua. Sejam elas tecnológicas, sociais ou ambientais.
  • Treine e motive-se: você deve sempre estar capacitado e motivado para o trabalho em qualquer circunstância. Você é peça chave na execução das atividades planejadas de uma organização.
  • Conecte-se a internet moderadamente: vivemos em uma nova era, onde quanto mais informações você possuir, melhor. Porém, é importante que o uso da internet deva ser racional e com foco em conteúdos estratégicos.

O sucesso profissional depende única e exclusivamente de você, assim, dê maior atenção aos sinais que emite no seu dia a dia.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento