4 dicas de ferramentas para você ganhar dinheiro na internet em tempos de crise

Que a situação econômica do nosso país não anda bem, isto nós já sabemos. Muito se fala em atitudes empreendedoras para a crise, e isto é muito válido. Neste post nós nos atemos a 4 ferramentas que podem ajudar você a fazer uma renda extra e aumentar suas entradas, mesmo na crise. Aproveite!

Todo brasileiro já sabe que a crise chegou e isto está afetando nossas vidas. Dá pra sentir isso na pele, não é mesmo? Menos saídas nos finais de semana, menos presentes enviados e o orçamento apertado fazem parte da maioria das rodas de conversa.

Mas eis a questão: Devemos apenas esperar a crise passar, e com isto encará-la de forma passiva ou devemos aproveitar o momento e vislumbrar algumas oportunidades? Afinal de contas, quem não conhece o velho ditado: “Ou você chora ou vende lenços?”.

Bom, que tal vender alguns lenços? Que tal vender alguns de seus talentos através da internet? Isso mesmo! Preparamos 4 dicas de sites que podem ajudar você a ter mais de uma entrada no caixa neste momento de inflação em alta.

Nenhum de nós quer ter prejuízo neste momento. Com a inflação em alta, os itens de compra ficaram mais caros, e isto geralmente abala a auto-estima de qualquer um. Mas o melhor a fazer é manter-se calmo e observar as oportunidades que podem surgir em meio a crise.

1 - Upwork

O Upwork (antigo Odesk) é uma das maiores plataformas para a contratação de freelancers no Mundo. É bastante visitado por agências de marketing digital, empresas de tecnologia e por alguns nômades digitais que buscam terceirizar serviços.

Como o UpWork tem o foco em freelancers, você diz no seu perfil, em Inglês, o quanto deseja receber por hora trabalhada. Ainda no cadastro do perfil você pode acrescentar suas experiêcias, certificados e portfólio. A plataforma ainda oferece testes de conhecimento básico que vão desde operações matémáticas, programação, banco de dados e fluência em idiomas, entre outros.

Por se tratar de uma plataforma internacional, o idioma padrão para contratação no UpWork é o Inglês. Mas mesmo você não dominando totalmente a língua, pode encontrar trabalho em empresas brasileiras ou empresas estrangeiras que estão expandindo para o Brasil. Estas empresas geralmente buscam lançar versões de seus produtos e serviços por aqui.

Um bom começo é experimentar colocar “Brasil” ou “Brazil” na busca de trabalhos e veja se alguma das vagas se encaixa no seu perfil. Lembre-se que tanto há trabalhos com número de horas definido como também trabalhos full time.

Há um número limitado de concorrências que você pode fazer. Eles são renovados a cada mês. Caso você queira ampliar este número, pode optar pelo plano pago.

Para saber mais, acesse: www.upwork.com/

2 - Workana

O Workana é uma ferramenta que tem crescido bastante nos últimos anos. A consideramos uma das mais completas ferramentas para freelancers em língua portuguesa. Muito similar ao UpWork, está recheada dos chamados "freela puros", aqueles que dedicam-se exclusivamente a causa freelancer. www.workana.com

3 - StarOfService

De origem francesa, a StarOfService oferece um serviço semelhante ao GetNinjas. A empresa intermedia a relação entre prestadores de serviço e seus possíveis clientes e apresenta alguns diferenciais em relação ao GetNinjas.

Um deles é em relação às categorias de serviços, elas não são pré-definidas, mas adicionadas conforme as demandas dos clientes. Assim, você poderá encontrar pessoas buscando serviços que vão desde cartomantes, aluguéis de touros mecânicos, psicólogos, tradutores, animadores de festas, mágicos, DJs, avogados e até consultas com terapeutas.

Através da ferramenta você pode tanto limitar a divulgação de seu serviço a seu município e estado tanto como nacionalmente. Isto é ótimo para profissionais de tecnologia ou pra quem pode atender pela internet (coaches, advogados, professores de idiomas e afins).

Para fazer seu cadastro no StarOfService, acesse: www.starofservice.com.br

4 - Facebook

Com uma base de usuários mais que impressionante, o Facebook hoje conta com vários recursos que podem ajudar o micro e pequeno empreendedor a deslanchar seus produtos e/ou serviços.

A plataforma hoje conta com recursos de vendas de produtos através de seus famosos grupos de compra e venda. Hoje é bastante fácil para qualquer um pesquisar na plataforma por "Compra e Venda [nome da cidade]", "Troca de produtos [nome da cidade]", "Prestadores de serviços em [nome da cidade]" e outras variações.

Outro recurso, este um pouco mais recente são as lojas virtuais presentes dentro das páginas do Facebook. Agora como um recurso da própria rede social, seus usuários agora podem comercializar seu produtos através de sua rede. Sensacional, não?!

Bom, essas foram nossas dicas. Se você gostou e experimentou alguma delas, que tal contar sua experiência nos comentários? Vamos adorar saber mais!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento