3 ideias para você vender mais em 2016

Em 2016, a crise não vai passar. A situação econômica não vai melhorar muito. Mas com ideias criativas utilizadas de maneira consistente, é possível botar pra quebrar. (A ideia de número 1 é garantia de boas vendas)

Eu estava na cidade de Belo Horizonte e tive que pegar um táxi. Como gosto de conversar e conhecer gente nova, eu perguntei para o taxista:

-Como vão as coisas, tudo bem?

-Tá nada. O Uber tá acabando com os taxistas. - O taxista respondeu.

-E o que você tem feito de diferente ?

-Eu tenho distribuindo uns cartões de visita. – Ele respondeu

-Mas você não fazia isto antes?

-Fazia. Ele respondeu e ficou em silêncio o resto da corrida.

Resumindo: O que ele tem feito de diferente é reclamar.

Agora, eu pergunto pra você.
Como vão as coisas?
Estão melhores ou piores do que no passado?
Se estão piores, o que você tem feito de diferente para reverter o quadro?
E se estão melhores, o que você tem feito para que melhore ainda mais?
Esperar que as coisas melhorem sozinhas...
Esperar que tudo se ajeite...
Esperar, esperar....
Não parece ser atitude de gente que faz acontecer.
Aquele velho ditado está errado. “Quem espera sempre alcança” Mentira. Quem toma atitude e bota pra quebrar é que tem chances de alcançar algum resultado.

Confira estas 3 ideias para que você consiga vender mais em 2016

1-Aproxime-se das pessoas (versão turbo)

Quanto mais amigos você conquistar, mais chances tem de conseguir novas vendas. E para conquistar mais amigos, ofereça sua amizade. Mostre que você se importa. Adicione seus clientes e clientes potenciais nas redes sociais. Curta e comente as postagens que você mais gostar. Agora para fazer mesmo a diferença, crie um alerta no Google Alerts com o nome do seu principal cliente, crie um com o nome daquele prospect que você quer conquistar e crie com o nome da empresa que você quer na sua carteira. O Google te avisará sobre notícias e postagens na internet que estão sendo feitas com os nomes que você escolher. Você pode receber alertas uma vez por dia ou uma vez por semana. Com esta ferramenta gratuita (e fácil de ser utilizada), você terá assunto para fazer pós-venda ou para quebrar o gelo com um novo cliente.

2-Seja encontrado (em todo lugar)

Uma vez, escutei um guru do marketing digital dizer: “Se você não é encontrado, você não existe”. Está cada vez mais raro o uso das listas telefônicas. As pessoas procuram o endereço e o telefone de sua empresa na internet.
-Recentemente, eu descobri um site que te mostra onde dá pra registrar o seu nome (ou o nome de sua empresa). O site é o username.com.br. Ele te mostra se é possível registrar seu nome nas principais redes sociais e em alguns domínios como o .com , .com.br , .net entre outros.
-Uma outra forma de ser encontrado é produzir com freqüência conteúdo que seja útil para seus clientes. Mas lembre-se de colocar este conteúdo em canais que sejam facilmente identificados pelos motores de busca. Se você produz muito conteúdo no Facebook por exemplo, o Google, o Yahoo e o Bing praticamente não dão nenhum destaque para estes conteúdos. Invista em um site ou em um blog.

3-Peça mais vezes pela venda (mas sem ser chato)

Boa parte dos vendedores perde muitos negócios porque erra no fechamento. Os erros mais cometidos são os seguintes:


a) Tentar fechar a venda cedo demais
b) Tentar fechar a venda tarde demais
c) Nem tentar fechar a venda

O cliente sempre dá sinais de que quer comprar. Os principais sinais são os seguintes:

a) Ele faz muitas perguntas sobre o produto (Só pergunta quem tem interesse).
b) Ele dá sinais com o corpo de que quer comprar (concorda com a cabeça, se inclina em direção ao produto ou ao contrato, dá um leve sorriso, seus olhos brilham um pouco mais...)
c) Ele pergunta das condições de pagamento (A venda está praticamente fechada. É só questão de negociar)

Ao perceber algum destes sinais, é papel do vendedor tentar o fechamento. É papel do vendedor tentar finalizar a venda. E se você já faz isto bonitinho, está na hora de começar a pedir indicação.

Para vender mais em 2016, faça diferente. E fazer diferente também vale pra quem é taxista, pra vendedor de loja, pra representante comercial e até pra motorista de Uber.

Grande abraço e Grandes vendas.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento