3 estratégias de inbound marketing que você deve conhecer!

Inbound Marketing é muito mais do que simplesmente entender o comportamento do cliente... É uma forma de dar sentido ao seu negócio. Conheça algumas das estratégias!

Usar uma ou várias estratégias de inbound marketing é uma alternativa que muita gente tem na hora de atrair clientes ou vender produtos. A questão mais importante é considerar que essa estratégia, quando usada corretamente, gera resultados efetivos.

Há pesquisas que mostram que o inbound marketing gera mais de 50% de leads do que os outros sistemas de marketing, inclusive, aqueles que são pagos.

Por isso, hoje em dia todo mundo quer saber o que é o inbound marketing e quer saber como usar ele de forma a agregar valor à um produto ou marca.

E você, sabe do que vamos falar neste artigo?

E hoje teremos um artigo diferente: primeiro, vamos falar das estratégias de inbound marketing que mais podem agregar valor para o seu negócio.

Depois, focaremos no que é essa forma de investir em marketing digital nos dias atuais. Combinado?

1 – O canal de vídeos no Youtube

Porque sim! O canal de vídeos no Youtube ainda não é conversa do passado, como muita gente pensa e, como consequência, ele se torna uma poderosa maneira que a gente tem disponível para impactar os nossos clientes.

A melhor notícia sobre isso é que você não precisa ter um investimento incrivelmente alto para apostar nessa estratégia: basta o bom senso de ter uma câmera de celular boa e um bom editor de imagens e de vídeo.

Se você souber fazer isso, melhor ainda. Mas, sempre foque no profissionalismo e nada de vídeos amadores.

Qual é a ideia ao se criar um canal no Youtube? Entregar conteúdo de valor ao seu público. Então, uma boa ideia é fazer vídeos informativos e explicativos, seja sobre notícias, produtos, serviços, etc.

A periodicidade é importante: sem exageros e sem escassez.

Há casos de pessoas que postam diariamente, mas isso é bem cansativo. Por outro lado, se prontificar a fazer 3 vídeos bem feitos por semana pode ser o ideal para você.

2 – A transmissão de webinários

É um pouquinho diferente do canal de vídeos que você vai ter porque o webinário vai funcionar mais pontualmente. Então, não tem que ter 1 por dia ou 3 por semana.

Para isso, vamos entender que um webinário nada mais é do que uma conferência transmitida pela internet.

De forma geral, uma pessoa fala enquanto outras assistem. Aqui podemos fazer reuniões, debates e interagir com os participantes – eles falam através do chat.

Quando podemos usar um webinário de forma atraente?

Quando vamos lançar um produto novo, por exemplo. Ou quando queremos oferecer uma aula grátis sobre um tema muito relevante para as pessoas. E assim por diante.

Os webinários mais incríveis e mais assistidos são aqueles que tem um assunto interessante para muita gente e que conta com um especialista incrível para falar sobre ele.

Dá para envolver vários “palestrantes” em um único webinário também.

Ah, detalhe: geralmente, esses vídeos acontecem online, isto é, em tempo real. Então, pessoas preparadas para conduzir isso é o mais recomendável.

3 – A criação e divulgação de e-books

E como não poderia estar de fora, temos aqui os bons livros digitais. Hoje em dia, o mercado de e-books é muito grande e, portanto, há uma incrível regra para que tudo dê certo: ter um produto com muita qualidade!

- E quanto mais específico no assunto você for, melhor ainda.

Quer ver.. Vamos imaginar um tema para você entender essa ideia de ser especifico.

• Você poderia criar um e-book sobre como adestrar cães.
• Mas, também poderia criar um sobre como adestrar cães em casa.
• Ou ainda, o passo a passo para adestrar um peto dentro de casa e sem gastar muito.

Qual desses é mais interessante? Note que são focos diferentes e que pode tornar o seu novo produto mais interessante ao público.

Tente observar que diferente do webinário, que é ao vivo e do canal no Youtube, que é em vídeo, no e-book você deve ter uma produção muito mais assertiva e que vai chamar a atenção do leitor.

Então, precisa estar bem escrito, bem editado, bem revisado, bem montado e ser um produto que vai fazer diferença na vida da pessoa que ler.

Se não fizer isso, não vai ter sucesso nessa estratégia de inbound marketing.

Mas, o que é o inbound marketing?

Como já deve ter ficado um pouco visível, o inbound marketing é uma maneira inteligente de se fazer marketing nos dias atuais. Sendo assim, o foco é “chamar os clientes até você”.

Então, essa forma usa de conteúdos interessantes para que o público se interesse pela marca ou produto em questão. Ele visa a comunicação e o valor de algo antes mesmo da compra!

E o grande diferencial é que existem as estratégias que se pode usar para isso. Como as 3 que listamos acima: canal do Youtube, webinário e e-book.

Mas, também tem muitas outras que podem agregar valor.

Muitos especialistas falam que o inbound marketing nada mais é do que uma atração de leads, isto é, de clientes.

Obviamente, é algo bem diferente do marketing tradicional, de panfletos e outdoors, onde as propagandas chegam até você.

E aqui, entendendo o que é inbound marketing, resta saber quais as melhores estratégias a usar...

Para isso, precisamos começar a falar sobre o funil de vendas. Porque cada estratégia pode ser usada para um fim: atrair o cliente, alimentar o cliente ou sugerir a venda.

Só que todas as estratégias de inbound marketing listadas aqui podem ser usadas em todas as partes do funil de vendas porque focam em conteúdo de qualidade.

Para quem está começando, são ótimas recomendações!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento