11 dicas para economizar mais

Por diversas vezes avalio algumas dicas pelo mercado de como economizar mais, e com certeza existe muitas coisas bacanas, mas o grande pensamento é se essas dicas são aplicáveis ao cotidiano

Por diversas vezes avalio algumas dicas pelo mercado de como economizar mais, e com certeza existe muitas coisas bacanas, mas o grande pensamento é se essas dicas são aplicáveis ao cotidiano.

Quer um exemplo?

Dizem que o ideal é ir ao mercado fazer compras após comer, pois assim, sem fome você tende a comprar menos, o que faz total sentido. Porém, para mim isso não é aplicável, pois quando preciso ir ao mercado muitas vezes é quando tenho um horário sobrando na agenda, ou seja, não necessariamente vou lembrar de comer algo para fazer as compras.

Se no seu caso isso não é problema, ótimo, aproveite!

Porém, nesse artigo gostaríamos de colocar casos em que você pode aplicar a hora que quiser, e com certeza os resultados serão excelentes.

São 11 dicas, aproveite-as:

1- Cheque Especial/Cartão de Crédito: Peça para diminuir o limite do seu cartão, pois assim você não corre riscos de gastar mais do que necessário, e principalmente, mais do que poderia gastar. O limite ideal é 1/3 o seu salário líquido mensal.

2- Planos de Telefonia: É impressionante a quantidade de promoções por semana que as empresas de telefonia fazem! Portanto, toda a vez que for ao shopping pegue o panfleto de promoções para trocar seu plano sempre que possível! Pois sempre você encontra planos mais ajustados a sua realidade, e com benefícios maiores do que os atuais.

3- Compras de alimentos: Antigamente existia um hábito muito comum entre as pessoas, que se perdeu ao longo dos tempos. Ir com familiares e parentes fazer compras em grupo, e de preferencia em atacadistas, e com isso ter uma grande economia no custo das compras.

4- Filtro de água: Esse é um custo que no curto prazo não faz tanta diferença, mas no longo prazo, a diferença é gigamtesca. Portanto, elimine seu galão de água e passe a ter um filtro, pois a economia mensal será muito boa.

5- Tv a cabo: Muitas pessoas tem planos de TV a cabo em que não utilizam nem 10% dos canais, e por isso vale a pena encontrar alternativas para eliminar esse custo que o serviço é mal aproveitado. Hoje, temos diversas possibilidades como NETFLIX, Youtube e outros canais em que podemos encontrar muitos conteúdos gratuitos ou pagos conforme a demanda.

6- Pare de sair tanto para jantar fora: Muitas pessoas acabam saindo diversas vezes no final de semana para jantar fora em restaurantes bons, mas muitas vezes comuns, porém os gastos acabam sendo muito altos, pois além da conta, tem os 10%, vallet, serviços diversos, músicos, dentre outras coisas. Sendo assim, o nosso conselho é que dos 4 finais de semana, você passe a sair 1 vez mas num restaurante que seja uma experiência gastronômica completa, e os outros 3 finais de semana opte por seguir a sua criatividade, como jantar com amigos, em que todos optam por levar algo para o jantar, um jantar a 2, dentre outras possibilidades.

7- Compras no Shopping: Divida os compromissos! Quando você for ao shopping passear, saque o valor do passeio e deixe o cartão no carro. Quando for ao shopping para comprar leve seu cartão para efetuar a compra necessária. Muitas pessoas simplesmente vão passear e acabam comprando coisas, e se você deixar seu cartão no carro, a preguiça combaterá o marketing e não fará com que gaste a toa. E qualquer emergência o cartão estará bem perto!

8- Energia: Passe a compartilhar mais os espaços de sua casa. Como a energia sofreu um aumento forte, temos que eliminar o hábito do isolamento, em que cada pessoa fica no seu quarto, gastando energia com seus equipamentos eletrônicos. Se as pessoas voltarem a ter um hábito antigo, de se reunir mais num único ambiente, passaremos a ter um ambiente de consumo de energia na casa e com certeza a economia será maior.

9- Crie inspetores: Um dos segredos de uma casa para economizar é dividir as responsabilidades.
Exemplo: O filho fica responsável pelo controle do consumo de energia, a filha pela alimentação, o pai pela água e assim por diante. Com isso as pessoas passam a atuar juntas para um bem maior.

10- Compras maiores: Se caso você queira fazer uma compra maior como um financiamento de imóvel ou carro, antes de começar com o mesmo pague para você mesmo o valor da parcela, por pelo menos 3 meses para que assim possa sentir o impacto na sua vida financeira antes de assumir uma dívida.

11- Mesada: Se tiver filhos, avalie quanto é o gasto mensal deles, em relação aos valores pequenos que eles pedem com grande frequência, e passe a dar mesada para eles, pois será mais fácil controlar, e a aumentará a responsabilidade de consumo dos filhos. Essa atitude será melhor do que ser um saco sem fundo financeiro em que os filhos acabam pensando que os pais são bancos, e no fim, os gastos são consideráveis.

Qualquer dúvida, nos envie e teremos prazer em ajuda-lo. Sucesso Sempre!!!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento