10 estratégias para fazer suas resoluções de Ano Novo acontecerem

Se você tem dificuldade em manter suas metas, conheça essas 10 estratégias para manter suas resoluções de ano novo em dia.

Resoluções de ano novo são simples de se adotar, mas difíceis de se manter. É agora que a maioria de nós vai começar a lutar para fazer com que nossas metas e resoluções aconteçam. Emagrecer, praticar mais exercícios, juntar dinheiro para uma viagem, escrever um livro, não importa qual seja sua meta. Grande parte dos nossos objetivos já serão esquecidos na segunda semana de janeiro ou postergados para depois do carnaval, para depois da Páscoa, ou quem sabe, para depois das férias de julho.

E foi pensando nesta incrível habilidade que o ser humano tem de se auto sabotar, que listei 10 dicas para ajudar você a manter suas resoluções de ano novo. Leia este artigo com calma e até o final, descansado das festas de réveillon e na companhia de um bom café.

Já está preparado? Então vamos lá!

1. Foque em Uma Única Resolução

Um dos primeiros erros que as pessoas cometem é fazer inúmeras resoluções para o ano novo. Na empolgação de começar diferente no ano que entra, fazemos listas com dezenas de metas. Faça diferente, estabeleça apenas um único objetivo. Com quanto menos tarefas seu cérebro tiver que lidar, melhor e você vai ser capaz de concentrar todo o seu foco e motivação em uma única resolução, aumentando substancialmente suas chances de sucesso.

2. Peça para um Amigo Lembrá-lo de Seus Objetivos

Ter um amigo ou parente para “prestar contas” é uma boa dica para ajudá-lo a manter suas promessas. Conte seus objetivos de ano novo a um amigo ou alguém da família, como sua esposa ou marido, por exemplo. Alguém em quem confie e que possa ajudá-lo a manter-se no caminho certo. Só não compartilhe com muitas pessoas, pois opiniões e cobranças demais podem mais atrapalhar que ajudar.

3. Defina Metas Ultra Específicas

Geralmente estabelecemos metas grandes e muito genéricas para o ano novo e isso só dificulta as coisas. Quanto mais específico você for, mais fácil será alcançar seus objetivos. Por exemplo, quando estabelecemos que vamos “perder peso” ou “abrir nossa própria empresa”, estamos praticamente definindo nosso fracasso, pois são resoluções muito amplas e vazias. Agora, se você definir que irá “perder 5 quilos até abril” ou “abrir sua própria empresa até julho”, você está associando um valor (ou ação) a um prazo específico. Definir várias metas específicas para o ano todo também é uma boa ideia. Dessa forma, você sempre terá um objetivo alcançável em um prazo não muito longo. Percebe a diferença? Suas resoluções de ano novo se tornarão mais "palpáveis". Você precisar criar objetivos SMART. Este artigo também poderá ajudá-lo a definir suas metas.

4. Vincule Suas Resoluções de Ano Novo a Hábitos Já Existentes

Se a sua resolução de ano novo envolve a construção de pequenos hábitos, você pode vincular estes hábitos a outros já estabelecidos. Por exemplo: se você já tem o hábito de tomar um bom café da manhã todos os dias e para este ano você estabeleceu que irá ler um livro novo por semana, você pode juntar as duas coisas no mesmo período. Enquanto toma seu café da manhã, você lê um capítulo do livro. Criar pequenos vínculos com o que você já está acostumado a fazer, torna mais fácil atingir objetivos maiores.

5. Dê a Si Mesmo Um Período de Teste

Nem todas as resoluções de ano novo que tomamos são perfeitas e vão funcionar assim que postas em prática. Dê um período de 30 dias para ver como se sai com a criação do novo hábito, que obviamente, será necessário para atingir suas metas. Use esse tempo para ajustar seus objetivos e mudar o que for necessário para chegar na sua meta com sucesso. Nem todos os hábitos levam 21 dias - alguns mais - para serem consolidados. Então, em 30 dias você já deverá ter uma boa ideia se aquela rotina dará certo ou não.

6. Engane a Sua Mente

Se resoluções já são difíceis de se manter, sem um sentimento de realização, tudo fica ainda mais complicado. Ter objetivos específicos e bem planejados ajudam, mas existe um outro truque que é praticar alguns jogos mentais com você mesmo. Um exemplo prático é usar um prato menor para comer. Se você tem como resolução perder peso, usar um prato menor durante as refeições vai fazer você se sentir mais satisfeito, pois afinal, o prato estará cheio.

Outro exemplo. Todos os meses temos que ir ao supermercado, mas geralmente, nunca nos atemos exclusivamente à nossa lista de compras. Quase sempre compramos coisas de que não precisamos ou aquelas guloseimas que sempre nos tentam na hora em que passamos pelas gôndolas. O resultado é quase sempre um pequeno rombo no orçamento. Uma maneira muito eficiente de enganar a mente, é comermos bem antes de irmos para o supermercado. Nessa hora, bater um bom prato, no almoço ou jantar, nos “blinda” contra desejos que nem sempre estamos dispostos a abrir mão. Experimente.

Quer outro exemplo? Você quer economizar uma grana pra trocar de carro, comprar seu apartamento ou mesmo para ter capital de giro o suficiente para investir em seu negócio. Só que chega no final do mês e você percebe que nunca sobra dinheiro, pois durante o mês todo você fez coisas que não estavam dentro dos seus planos iniciais, como aquela cervejinha com os amigos ou um almoço de negócios inesperado. Uma solução, é logo no início do mês, separar uma parte de seus rendimentos e direcioná-los direto para uma poupança ou melhor ainda, um fundo de investimento, o qual você não poderá retirar o dinheiro naquele período de tempo. Isso colocará limites em sua mente (e no bolso) e fará com que atinja seus objetivos, com muita mais eficiência, pois seu cérebro não irá mais considerar aquele dinheiro como estando disponível na sua conta.

Este são apenas alguns exemplos. Sempre procure por alternativas que possam resolver seus problemas aos poucos, de modo que sua mente consciente perceba com mais facilidade o seu progresso e o faça se sentir mais gratificado. Chegar ao final de um objetivo aos poucos é melhor do que não atingi-lo.

7. Visualize o Resultado Final

Como o empreendedor da ReadyForZero, Rod Ebrahimi diz, “foque-se na cenoura, e não na vara”. Se você está tendo problemas em permanecer motivado, pense no seu objetivo final e concentre-se nele. Isso pode parecer uma coisa de “sonhadores”, mas se você voltar sua imaginação, da meta final para seu atual momento, planejando cada passo necessário para se atingir aquele objetivo, todo o processo ficará mais fácil. Faça esse exercício de motivação e verá que seu sonho ganhará mais combustível.

8. Meça Seu Progresso Bem de Perto

Quando criamos metas bem específicas, todo o processo de se chegar a nossos objetivos se torna bem mais fácil. Todos os dias, a cada vez que atingir uma meta ou realizar uma tarefa, marque-a como em um checklist. Você pode ir ainda mais longe e usar a técnica de Jerry Seinfeld (o comediante mesmo) “Don’t Break the Chain” (Não Quebre a Corrente). O ator criou um ótimo método para resolver metas diárias, como por exemplo “fazer exercícios cinco vezes por semana” ou “escrever um artigo por dia”.

Seu método consiste em se trabalhar um pouco por dia, todos os dias, para se chegar no objetivo final sem ansiedade. Seinfeld pega um calendário e marcar um “X” vermelho no dia em que trabalha no projeto. Não importa se você trabalhou muito ou só produziu um pouco naquele dia, o importante é fazer o projeto andar e “não quebrar a corrente”. Bem interessante esse método não? Dá para manter suas resoluções de ano novo em dia!

9. Lembre-se dos Seus Objetivos Todos Os Dias. Resoluções de Ano Novo Precisam Ser Vistas!

Se está tendo problemas em manter seus objetivos na cabeça, use alguns “truques” que poderão ajudar a se lembrar deles mais facilmente. Se lembrar de tudo o que temos para fazer durante um dia já é difícil, lembrar das coisas que temos que fazer ao longo de um mês é praticamente impossível. Uma boa ideia é criar alarmes no seu celular, com lembretes e pequenas tarefas diárias. Faço isso sempre e posso garantir que funciona. Outra coisa interessante, é gravar a si mesmo em uma webcam, com alguma mensagem para você mesmo, lembrando-o de seus objetivos a cada vez que ligar o computador. Uma outra alternativa é colar lembretes dentro da geladeira (ou fora dela) e escrever no espelho do banheiro. Resoluções de ano novo precisam ser vistas o ano inteiro!

10. Comece Agora Mesmo

Já estamos a alguns dias de janeiro e você pode estar lendo este artigo em julho ou mesmo em dezembro. Não importa a data, comece agora mesmo! Para quê esperar mais? Decidiu que irá mudar, mude já. Comece devagar, mas comece. Dê o primeiro passo. Por mais difícil que possa parecer o desafio logo que tomamos alguma decisão, com as dicas acima será mais fácil implementar as mudanças que tanto deseja. Decidiu, aja! Para quê esperar por primeiro de janeiro, não é mesmo? Você vai ver que assim que der o primeiro passo, muitos dos desafios e problemas que antes imaginou existirem, nem serão tão grandes assim.

Preparado? Comece agora a colocar em prática suas resoluções de ano novo!

E se você tiver algum método ou estratégia a acrescentar, escreva nos comentários! É sempre bom conhecer novas técnicas :-)

Feliz Ano Novo!

ExibirMinimizar
Digital