10 erros cometidos por elaboradores de projetos
10 erros cometidos por elaboradores de projetos

10 erros cometidos por elaboradores de projetos

Aprenda quais são eles e comece a elaborar projetos ainda mais exitosos!

Elaborar projetos - eficazes, exequíveis e relevantes - exige alta capacidade técnica, conhecimentos específicos e, representando grande vantagem competitiva, conhecimentos em gerenciamento de projetos. Engana-se quem pensa que elaborar projetos se resume apenas a seguir roteiros e preencher formulários. Por causa dessa e de outras práticas é que encontramos cada vez mais “projetos deficientes”, fracassados. Mas o que todos queremos mesmo são projetos exitosos, certo?

Baseando-se na minha própria experiência na elaboração, avaliação e liderança de projetos na área do esporte, no conhecimento adquirido a partir da leitura de livros e estudos de casos e da participação em cursos e eventos específicos e correlatos, elenquei 10 erros cometidos pelos elaboradores de projetos (esportivos). São eles:

  1. Elaboração unilateral (não considera a participação de outras partes interessadas);
  2. Pobre coleta de requisitos;
  3. “Salada” de objetivos (qual o problema a ser resolvido?);
  4. Carência de objetivo SMART (específico, mensurável, atingível, relevante, temporal);
  5. Construção de metas sem indicadores, linhas de base e verificadores;
  6. Justificativas abrangentes, sem considerar adequadamente as necessidades locais (textos prolixos, que “falam muito e dizem pouco”);
  7. Baixa capacidade de atrair patrocinadores, doadores ou apoiadores (plano de comunicação falho ou ausente);
  8. Cronogramas complicados, com potencialidade para vários “caminhos críticos”;
  9. Ausência de plano de contingência (ao elaborar projetos, você considera premissas, restrições e riscos?);
  10. Planilhas de orçamentos incompatíveis e incoerentes com o projeto; valores apresentados acima ou abaixo do mercado.

O melhor é que para cada item citado acima existe pelo menos uma ferramenta que pode auxiliar o elaborador no momento de construir seu projeto. Essas ferramentas estão diretamente ligadas a gestão do projeto e tendem a facilitar o trabalho do profissional que irá gerenciar o mesmo. Caso o próprio elaborador seja também o gestor, a probabilidade de retrabalho diminui consideravelmente, influenciando positivamente os resultados esperados, entre outros.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento