Mais comentada

ALI: Sebrae em Goiás seleciona 52 bolsistas para programa de inovação

São 50 vagas para agentes e duas para orientador

Warlem Sabino, Agência Sebrae,

Agente Local de Inovação (ALI) do Sebrae em Goiás em Rio Verde, o administrador de empresas Bruno Nogueira de Souza, de 24 anos, vai seguir a carreira de consultor após o término do contrato com a instituição. "É o tipo de trabalho com que tenho mais afinidade, de poder ajudar as pessoas", revela. Bruno é bolsista do programa ALI desde o segundo semestre de 2010. Quando se inscreveu na seleção, ele tinha como meta ser administrador de empresas e trabalhar como funcionário em algum negócio da região de Rio Verde. "Hoje, quero continuar ao lado do Sebrae, trabalhando com micro e pequenas empresas. Quem sabe não viro consultor credenciado?", indaga Bruno.

A experiência de Bruno pode ser compartilhada por outros jovens recém-formados. Em conjunto com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Sebrae em Goiás abriu 50 vagas (bolsas) para ALI e mais duas para orientador do programa. As inscrições podem ser feitas pelo site www.egaion.com.br até o próximo dia 24 de junho.

Para ser bolsista, é preciso formação superior em qualquer curso, concluída entre outubro de 2010 e setembro de 2013. A bolsa é de R$ 3,6 mil por 24 meses. Para ser orientador, é necessário no mínimo seis anos de formado e título de mestre ou doutor em qualquer área. O salário para essa vaga é de R$ 4 mil. Serão dois meses de capacitação para ambas as bolsas. A missão de um agente é promover inovação nas micro e pequenas empresas, proporcionando novos patamares de empreendedorismo e competitividade. Já o orientador guia o ALI em seus trabalhos científicos. 

As vagas são para os municípios de Anápolis, Caldas Novas, Catalão, Goianésia, Goiânia, Jataí, Luziânia, Porangatu, Rio Verde e São Luís de Montes Belos.

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores


Shopping